Tagged: primaz RSS

  • SNIEAB 18:56 on 20/04/2019 Permalink | Responder
    Tags: , Páscoa 2019, primaz   

    Palavra do Primaz: Festa da Ressurreição 

    “Amem-se uns aos outros, assim como eu amei a vocês.” (São João 15.12)

    Irmãos e irmãs e pessoas amigas da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, vivemos novamente a Festa da Ressurreição, tempo oportuno para celebrar a vida com alegria e partilha. Para celebrar e renovar a fé, a esperança e o amor.  Para isso, liturgias especiais são preparadas nas nossas comunidades. Também as famílias se encontram e partilham a alegria e a vida.

    Jesus está vivo no meio de nós e isso tem um grande significado. Significado para a vida das pessoas e para a vida do mundo.

    Na instituição da Santa Ceia, Jesus entrega o pão e o vinho abençoados e consagrados as pessoas que o cercavam dizendo: “sempre que vocês fizerem isso, eu estarei com vocês”. E, nesse contexto da ceia, Jesus também ensina um novo mandamento: “amem-se uns aos outros, assim como eu amei a vocês”.

    Na Primeira Carta de João, no seu capítulo 4, versículo 16, o autor nos ensina: “Deus é amor, quem permanece no amor, permanece em Deus, e Deus permanece nele”.

    Diante desses ensinamentos bíblicos, fica o convite para os cristãos episcopais anglicanos e a todas as pessoas de boa vontade para que respondamos a pergunta: “Como as pessoas saberão que Cristo está vivo no meio de nós? Se há tantos sinais de escuridão e morte?”

    A experiência da Páscoa – da passagem – conforme o Primeiro Testamento, significou para o povo de Deus inicio do processo, da caminhada de libertação, da escravidão egípcia à terra prometida. Jesus celebrou isso com seu povo. Para nós cristãos a Páscoa é a vitória de Jesus sobre a morte. A passagem de Jesus, da morte para a vida. A vitória da vida.

    Que significado tem isso para nós hoje? Muitas vezes a experiência da Páscoa se limita a liturgia da igreja num dia especial, mas a vida, morte e ressurreição de Jesus se dá num momento histórico, num contexto de opressão, de fome, miséria. Deus envia seu Filho para resgatar, para salvar, a sua criação amada.

    Nosso compromisso de fé no Cristo que vive no meio de nós deve ser proclamado e experimentado no contexto em que vivemos. Isso se dará nos gestos de amor que pudermos expressar. Quando amamos, estamos em Deus e Deus está em nós. Quando amamos, cumprimos o novo mandamento de Jesus.

    Como saberão os milhões de desempregados que Deus os ama e que Jesus está vivo em seu meio? Como saberão os povos nativos da terra que Deus os ama e que Cristo está vivo no meio de nós? Como saberão as famílias dos jovens negros exterminados que Deus é amor e que Jesus ressuscitou e está vivo no meio de nós?

    Precisamos entender que a Ressurreição de Jesus é a vitória dele sobre a morte e as trevas. Sua ressurreição é a vitória do seu projeto, do projeto de Deus e seu Reino sobre o projeto deste mundo. É a vitória do projeto de amor, solidariedade, acolhida, paz, justiça sobre o projeto da exclusão, do acúmulo, da violência, da exploração e da injustiça.

    Creio firmemente que festejar a Páscoa do Senhor Jesus e viver a experiência de “estar em Deus, porque Deus é amor” deve, necessariamente, ter consequências no nosso agir que, alimentado pelo sacramento, pela palavra, pela liturgia, nos leve a ser presença desse Deus ressuscitado, presente no meio de nós.

    Que o Senhor Ressuscitado seja verdadeiramente anunciado e vivido em todos os lugares e em nossos contextos. Que as pessoas o sintam em seus corações e vidas e nas suas lutas por libertação e vida digna.

    Com minhas orações e bênção,

    +Naudal

     
  • SNIEAB 12:48 on 19/02/2019 Permalink | Responder
    Tags: , , , , , , , primaz   

    Bispo Primaz do Brasil e Comitiva Brasileira em visita à Londres 

    O Bispo Primaz cumpriu extensa agenda em Londres, articulada pelo teólogo e biblista Paulo Ueti, da Aliança Anglicana e por Richard Bartlet da USPG nos dias 9 a 15 de fevereiro. Também estavam presentes a Sra. Carmen Regina Duarte Gomes, assessora pedagógica da JUNET/CEA e membro da Comissão Nacional de Diaconia e Desenvolvimento e a Bispa Marinez Bassoto, Diocesana da Diocese Anglicana da Amazônia.


    A comitiva brasileira teve reunião com a Dra. Eva John, uma das coordenadoras do grupo de trabalho que prepara texto bíblico, teológico pastoral para ajudar a Igreja da Inglaterra na sua reflexão sobre sexualidade humana. Foi uma oportunidade de partilharmos nossa experiência como IEAB do processo ocorrido em nossa igreja que culminou com a decisão do casamento igualitário.


    Foram recebidos de forma calorosa e fraterna pelo Arcebispo de Cantuária, no Palácio de Lambeth, para almoço com a Sra. Carolin, sua esposa. Ocorreu reunião privada com o Arcebispo Justin, especialmente sobre a realidade brasileira, a realidade da Comunhão Anglicana e a preparação para Lambeth 2020.

    Tiveram contato com a organização CAFOD, a Caritas inglesa, por especial interesse da Bispa Marinez com referência à questão climática e o Sínodo da Amazônia, da Igreja Católica Romana, que é um tema e região que interessa não só a sociedade brasileira, como também a comunidade internacional. Aconteceu outro momento de reunião e partilha com a Sra. Rachel, Diretora da Aliança Anglicana, sobre o trabalho da Aliança e o trabalho da IEAB e das possibilidades de aprofundarmos ainda mais nosso companheirismo na missão e serviço do Reino em favor das pessoas vulneráveis de nossa sociedade.

    Em outro momento, ocorreu uma conversa importante com a equipe da Christian Aid, liderada por John Plant, que está colaborando na preparação da Conferencia de Lambeth. O diálogo inicial foi sobre a realidade atual do Brasil com retrocessos em vários aspectos, especialmente, nas questões referentes aos direitos humanos, as questões ambientais, a nova regulação para o uso de armas, o aumento da violência das pessoas vulneráveis, foi observado como pode a Christian Aid apoiar nossas lutas e mobilizar apoios internacionais para tanto.


    Ainda teve um encontro com a diretora da Christian Aid e sua equipe. A qual reafirmou apoio as demandas da igreja e de nosso país e como será possível aprofundar nosso companheirismo e parceria em diversas áreas. A Diretora Amanda, reafirmou a importância do escritório brasileiro da Christian Aid para o próprio Brasil e para América Latina e Caribe.


    Momento marcante com o Bispo Primaz da Escócia, Bispo Mark Strange, conhecido da IEAB pois foi visitante quando da realização de nossa conferência de Lideranças e Sínodo Provincial no ano passado. Ele se sente amigo do Brasil, tem amizade com vários membros da Câmara Episcopal da IEAB, o Bispo Mark deseja que reafirmemos nosso propósito de estreitarmos relações que possam levar a parcerias na missão.


    Outros momentos de reunião com diversos diretores e diretoras de departamentos da Comunhão Anglicana e ainda aconteceu uma mesa redonda, onde foi possível expor a realidade brasileira e de que forma a Comunhão Anglicana poderia ser parceira em nossas demandas. O Bispo Primaz, apresentou a IEAB e as resoluções e desafios vindos da Conferência de Lideranças e do Sínodo Provincial, Bispa Marinez apresentou sua Diocese e seu trabalho nas relações Ecumênicas, a Sra. Carmen Regina Duarte Gomes expôs sobre a Educação Teológica, como está sendo desenvolvida no Brasil, sua assessoria na construção do Plano Nacional de Educação Teológica.

    Bispa Marinez reuniu-se ainda com o Seaferer, que é o Ministério aos Marinheiros, pois em sua diocese, assim como em outras, que tem portos, há parceria para o trabalho Pastoral de Capelania aos Marinheiros, buscando fortalecer essas parcerias na IEAB. Sra. Carmen Regina e Bispa Marinez reuniram-se com a autal diretora da Mothers Union Organização das Mulheres, na Inglaterra e África, principalmente.


    O Primaz do Brasil concedeu entrevistas para o Departamento de Comunicação da Comunhão Anglicana sobre três temas: a IEAB, sua missão e prioridades; sobre a reunião Regional dos Primazes das Américas, realizada em Toronto, e sobre a Conferência de Lambeth. Na Christian Aid, foi entrevistado pelo The Guardian e pelo departamento de comunicação da própria Christian Aid.


    A comitiva brasileira foi acolhida e se reuniu ainda com amigos fraternos, amigos pessoais e da IEAB, foram eles, o Reverendo Nicholas Wheeler, Reverendo Joabe Cavalcante e Bispo David Hamid, Bispo da Diocese da Europa.


    Para essa viagem foi fundamental o apoio da Trinity Wall Street, da USPG, que providenciaram as hospedagens. Agradece-se ainda ao Reverendo Richard Bartlet, da USPG, e ao Teólogo Paulo Ueti, da Aliança Anglicana, que prepararam a agenda da semana e foram incansáveis companheiros nos diversos deslocamentos e companhia em reuniões. Ressaltando a importante e necessária tradução que Paulo Ueti proporcionou.

    Texto: Com colaboração do Bispo Primaz

    Fotos: Sra. Carmen Regina Duarte

     
  • SNIEAB 9:21 on 14/11/2018 Permalink | Responder
    Tags: , Catedral do Mediador, , primaz   

    CONVITE: 112 Anos da Catedral do Mediador – DSO 

    Diocese Sul-Ocidental -DSO

    Santa Maria/RS

     
  • SNIEAB 16:56 on 27/08/2018 Permalink | Responder
    Tags: CND, , , , primaz,   

    UM NOVO JEITO DE SER IGREJA – Visita Episcopal do Primaz ao DMA 

    Ainda em sua Visita Pastoral ao Distrito Missionário Anglicano, o Revmo. Bispo Primaz, Naudal Alves Gomes esteve acompanhado de sua esposa, Sra. Carmen Regina Duarte Gomes,  do Revmo. Bispo Maurício Andrade, Diocesano de Brasília, a Secretária Geral da IEAB, Revda. Magda Guedes e também a Comissão Nacional de Diaconia (CND) e JUNET (Junta Nacional de Educação Teológica) e Centro de Estudos Anglicanos (CEA), tendo a presença das Reverendas, Lucia Dal Pont Sirtoli, Carmen Etel, Lilian Conceição e Dilce Paiva. Na agenda desse último final de semana, aconteceram reuniões com lideranças, a ordenação ao presbiterado da Revda. Mayte de La Torre e acompanhamento pastoral e confirmações na Missão São Pedro e São Paulo na Linha 50/Ariquemes-RO.

    Seguem as fotos:

    Reunião com a prefeitura de Ariquemes/RO  tendo participação da Comissão Nacional de Diaconia (CND), Secretaria Geral e Primaz da IEAB.


    Ordenação Presbiteral da Revda. Mayte de La Torre – 25/08/2018

    Visita Episcopal do Primaz da IEAB, Revmo. Bispo Naudal e do Revmo. Bispo Maurício Andrade, Bispo Diocesano de Brasília, na Linha 50/Ariquemes – RO, acompanhados da Junta Nacional de Educação Teológica – JUNET para a celebração da eucaristia e confirmações dos jovens.



     
  • SNIEAB 15:07 on 24/08/2018 Permalink | Responder
    Tags: , , , primaz,   

    Primaz da IEAB prossegue com Visita Pastoral pelo DMA 

    Desde o dia 22/08, o Primaz da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Revmo. Bispo Naudal Alves Gomes está em visita pastoral pelas comunidades anglicanas em Ariquemes/RO e Campo Verde/MT acompanhado de sua esposa, Sra. Carmen Regina Duarte Gomes, foram recepcionados pelos os membros das comunidades e as clérigas, Revda. Elineide Ferreira e Revda. Mayte Torre, esta que será ordenada presbítera dia 25/08 pelo Primaz da IEAB. A Secretária Geral da IEAB, Revda. Magda Guedes e as clérigas, Revda. Dilce Paiva, Revda. Lucia Dal Pont, Revda. Lilian Conceição e Revda. Carmen Etel, também estão presentes para acompanhar o Primaz em sua primeira visita nesta região do Distrito Missionário Anglicano.

    Seguem algumas fotos:

     
  • SNIEAB 11:34 on 20/08/2018 Permalink | Responder
    Tags: , Paróquia da Inclusão, primaz, Visita Pastoral   

    Primaz da IEAB inicia Visita Pastoral no DMA 

    O Primaz da IEAB, Revmo. Bispo Naudal Alves Gomes realizou uma série de atividades no Distrito Missionário Anglicano – DMA nesta última semana. Acompanhado de sua esposa, Sra. Carmen Regina Duarte Gomes, visitaram a Paróquia da Inclusão em Campo Grande/MS e também os Pontos de Missão, para uma ordenação diaconal, instituição de ministros leigos e cuidado pastoral com o povo, além de dialogar com lideranças religiosas de outras confissões.



    Ordenação Diaconal do Ir. Victor Hugo, OASB – 19/08/2018 às 10h00


    Instituição de Ministros Leigos e Confirmações – 18/08 às 18h00



    Visita inter-religiosa – Umbanda – 18/08 na parte da tarde






     
  • SNIEAB 13:59 on 04/07/2018 Permalink | Responder
    Tags: , , , primaz,   

    Primaz da IEAB na 79ª Convenção Geral da TEC 

    Bispo Primaz Naudal e Bispo Primaz Júlio Murray (Central América)

    Foto: Bispo Maurício Andrade

    O Bispo Primaz da IEAB, Revmo. Naudal Alves Gomes já está na cidade de Austin, no Estado do TEXAS,  para presenciar a 79ª Convenção Geral da Igreja Episcopal (The Episcopal Church – TEC) que acontecerá dos dias 05 ao 13 deste mês. Serão momentos de profundo diálogo e aprendizado além de representar a Província do Brasil, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – IEAB.

    Essa é a primeira viagem internacional que o Bispo Primaz Naudal realiza, após sua eleição no 34° Sínodo da IEAB, ocorrido entre os dias 30 de Maio à 3 de Junho, em Brasília/DF.

    Para saber mais sobre a Convenção Geral de 2018 da Igreja Episcopal clique aqui

    Sobre a Igreja Episcopal (TEC) clique aqui

    Para saber sobre a Comunhão Anglicana (Anglican Communion) clique aqui


     
  • SNIEAB 8:52 on 12/12/2017 Permalink | Responder
    Tags: , , primaz   

    Nota de Repúdio da Câmara Episcopal da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil contra a violência policial dirigida às Universidades 

    Santa Maria, 11 de Dezembro de  2017

    E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança para sempre. Isaías 32:17

    Uma das instituições que tem sido alvo de um perigoso processo de intimidação na conjuntura brasileira deste governo ilegítimo é a Universidade.

    Por um lado se percebe a sistemática construção de um desmonte orçamentário que compromete indubitavelmente a execução orçamentária de programas de pesquisa e, inclusive a manutenção de serviços básicos nas instituições de ensino superior.

    Além disso, tem sido visível a remoção por critérios políticos de quadros dirigentes que se opõem a este desmonte, em um processo que só encontra similaridade com idênticos processos utilizados no período da ditadura militar.

    Por último, o próprio poder judiciário e a Polícia Federal, sob a justificativa de combate à corrupção, promove espetáculos cinematográficos de condução coercitiva de dirigentes de Universidade sem nenhuma justificativa plausível, em meio a processos investigatórios correndo dentro de uma absoluta normalidade processual.

    Este último episódio ocorrido com dirigentes da UFMG nos preocupa porque há pouco tempo tivemos o cometimento de suicídio de reitor de uma universidade no estado de Santa Catarina devido ao abuso de autoridade cometido pela Polícia Federal em situação de investigação e sem a devida formação de culpa comprovada contra o acusado.

    Nos preocupa a sistemática adoção de práticas que ferem o Estado democrático de Direito que redundam em coerção e quebra do princípio da autonomia das Universidades, que se aplicadas indiscriminadamente criam o precedente para que outras instituições venham ser alvo de de perseguição dos aparelhos investigativos do Estado.

    Pautamos nosso protesto pela defesa dos princípios da racionalidade, impessoalidade, ampla defesa e estrita obediência à garantia da integridade física e psicológica de todas as pessoas, inclusive aquelas que sejam alvos de investigação sem que a formação da culpa esteja materialmente e legalmente concluída.

    O Estado de Direito pressupõe instituições sólidas, livres e onde a justiça seja praticada e aplicada com o predomínio da objetividade, clareza e materialidade. Quando a justiça depender mais de performance midiática de seus agentes estamos toda a sociedade em sério risco.


    Dom Francisco de Assis da Silva, Diocese Sul Ocidental – Primaz da IEAB

    Dom Naudal Alves Gomes, Diocese de Curitiba

    Dom Mauricio Andrade, Diocese de Brasília

    Dom João Câncio Peixoto, Diocese do Recife

    Dom Eduardo Grillo, Diocese do Rio de Janeiro

    Dom Clovis Erly Rodrigues, Emérito

    Dom Almir dos Santos, Emérito

    Dom Celso Franco, Emérito

    Dom Jubal Pereira Neves, Emérito

    Dom Orlando Santos, Emérito

    Dom Filadelfo Oliveira Neto, Emérito

    Dom Saulo Barros, Emérito

     
  • SNIEAB 11:13 on 05/10/2017 Permalink | Responder
    Tags: , , Cantuária, , , primaz   

    Encontro dos Primazes: Evangelismo, Discipulado e Reconciliação 

    O segundo e terceiro dias foram bem distintos em termos de agenda. A difícil pauta da reunião de 2016 desta vez se reduziu a praticamente duas horas de conversa a partir do relato da Igreja da Escócia sobre a decisão de aprovar a possibilidade canônica de matrimônio entre pessoas de mesmo sexo.

    As reações vieram praticamente das mesmas fontes: Primazes do Sul global. A ausência de seis primazes – alguns dos quais mais radicais – representou uma pequena mudança no tom e nem provocou debate acirrado entre os presentes. O arcebispo de Cantuária, por questão de coerência, apenas reafirmou (com o apoio dos colegas do Sul global) que as mesmas consequências que foram experimentadas pela TEC e pelo Canadá se aplicariam igualmente à Escócia. O próprio Primaz da Igreja Episcopal da Escócia afirmou que a Província já estava consciente disso é que entende que seria injusto tratar de forma diferente Igrejas que assumiram o risco de alterarem seus cânones sobre a matéria.

    A partir daí, a agenda da reunião tomou o rumo que se espera que a Comunhão tome: discutir o futuro da comunhão e seu testemunho no mundo através do anúncio do Evangelho, da renovação da espiritualidade e a pratica efetiva do serviço.

    John Kafwanka, apresentou o projeto Discipulado Intencional. Um projeto que deve ser executado pelos próximos dez anos dentro da Comunhão. Algumas províncias tem feito adaptações locais para esta proposta. Um grupo internacional foi constituído para coordenar este projeto (o Brasil está representado pela Revda Tatiane Ribeiro).

    Uma outra importante iniciativa, chamada de Venha o Teu Reino, tem a finalidade de convidar toda a Comunhão Anglicana a compartilhar de forma efetiva a pessoa de Jesus Cristo ao mundo. E, ao mesmo tempo, ser ocasião de renovação da vida e da espiritualidade devocional.

    Muitas diferentes experiências foram partilhadas pelos distintos primazes da África, da Ásia e de Oceania. A conclusão a que se chega é de que o futuro da Comunhão passa pela adoção de uma forma mais concreta e envolvente de anunciar o projeto de Jesus.


    Por isso é muito importante trabalharmos em união, sem o que o testemunho não gerará efeitos. Em outras palavras, o desejo de se caminhar juntos a despeito das diferenças permanece intocável.

    Uma longa sessão foi vivenciada no dia de hoje sobre o tema da reconciliação. Relatos muito fortes e emocionantes da experiência das Províncias no Oriente Médio, na África, no Canadá e no Oriente revelam o quanto a Comunhão Anglicana pode ser instrumento de Deus para realizar o que é central no Evangelho: promover o reconciliação! Onde quer que o conflito que opõe pessoas entre si, povos, religiões e onde a exploração das pessoas pelas outras avilta a criação de Deus, a igreja é chamada a promover a justiça e a reconciliação.

    Na noite da terça-feira, os Primazes foram liderados pelo Deão da Catedral de Cantuária em uma peregrinação de luzes pelos pontos mais significativos da Catedral. Foi uma jornada que lembrou tempos imemoriais desta linda Catedral e que concluiu em frente à Capela dos Santos e Mártires, lembrando aos Primazes que o martírio é parte do testemunho sacrificial que tem em Jesus mesmo o mais líquido exemplo.


    O Encontro dos Primazes será concluído na sexta-feira próxima é um comunicado será feito à toda a Comunhão.

    ++ Dom Francisco de Assis da Silva

    Primaz do Brasil

    Diocesano em Santa Maria

     
  • SNIEAB 16:37 on 18/05/2017 Permalink | Responder
    Tags: África, Fome, , primaz   

    Dia Mundial de Oração para o Fim da Fome 

    O 21 de maio 2017 foi declarado como o Dia Mundial de Oração para os/as afetados pela grave crises de fome que está acontecendo na região chamada de Chifre da África. O dia é liderado pelo Concílio Mundial das Igrejas e pela Conferência Pan-Africana de Igrejas. A Aliança Anglicana também se une para pedir às igrejas do mundo que se unam para participar neste dia de oração em resposta as situações de fome no mundo.

    A ONU já disse que estas fomes serão as crises humanitárias maiores no mundo desde 1945, com mais que 20 milhões de pessoas em risco no Sudão do Sul, na Somália, na Nigéria e no Iêmen. E outros tantos milhões de pessoas estão afetadas pela seca severa e carência de comida na África do leste.

    No capítulo 25 de Mateus, Jesus chama a Igreja para dar comida às pessoas com fome e servir os/as mais vulneráveis. Como igrejas no mundo, temos esta oportunidade nos unir independente da cultura ou costume para juntarmo-nos em oração firme e ação para ajudar os/as mais vulneráveis.

    A Aliança Anglicana já está envolvida em coordenar apoio para a Igreja Episcopal no Sudão do Sul e oferecer comida e dinheiro para as famílias que enfrentam fome extrema. Também a Aliança Anglicana está fazendo conhecidas estas preocupações através das suas redes e o sítio de web elaborando sobre os riscos de fome no Iêmen, no nordeste da Nigéria, e nas regiões gerais do Leste, Central e Sul de África.

    A Aliança Anglicana também forma parte de uma iniciativa internacional chamada “Renova Nosso Mundo” que é uma campanha a favor a energia renovável, agricultura sustentável, e pelas comunidades mais pobres do mundo. A Aliança continua pedir orações e ações de apoio.
    Espera-se que este movimento mundial de oração provocará ação pratica e uma resposta urgente para a crise antes que piore. Enquanto o G7 reúne na Itália nos dias 26 a 27 de maio 2017, pede-se que as/os cristãos façam uma chamada de ação urgente por fazer conhecida sua participação no Dia Mundial de Oração e conscientizar sobre estas crises.

    O Conselho Mundial das Igrejas e A Conferência Pan-Africana de Igrejas já afirmaram:
    “Existe um grande perigo de que se não se mudar a rota, a resposta mundial a esta crises será extremamente inadequada e que não se pode evitar em sofrimento inimaginável e mortes. Cremos que as igrejas têm um papel profética em fazer a chamada para animar seus/uas membros/as, a sociedade geral, os governos e por fazer uma diferença durante este momento de sofrimento sem precedentes.”

    ‘Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram.’ Mateus 25:35

    Recursos desta campanha estão disponíveis no sitio de World Vision: http://www.wvi.org/global-day-of-prayer

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar