Tagged: Igreja Anglicana São Paulo RSS

  • SNIEAB 15:16 on 10/09/2014 Permalink | Responder
    Tags: , , Igreja Anglicana São Paulo   

    Impressões sobre a Visita do Arcebispo de Cantuária 

    Santa Maria, 08 de setembro de 2014.

    Queridos irmãos e irmãs!
    Certamente estamos todos nós muito animados pela experiência abençoada vivida nestes últimos dias em São Paulo.  Sua Graça Arcebispo Justin Welby e sua esposa Caroline nos brindaram com uma presença inspiradora de simplicidade e de espiritualidade profunda. Apesar de curta, a visita nos causou profunda alegria. No contato com o povo, o Arcebispo foi de uma espontaneidade magnífica. No contato pessoal, especialmente nos momentos  que estivemos juntos, tanto com nossas esposas como a sós, uma clareza de comunicação e autêntica sensibilidade pastoral. Apesar da extenuante agenda que incluiu um longo vôo de 12 horas e logo em seguida uma agenda cheia de compromissos, em uma estadia de menos de 36 horas, o Arcebispo e Caroline atenderam a todas as pessoas que buscavam estar com eles, conversar e, claro, não faltou a numerosa tietagem!

    Nos diálogos que tivemos com ele, um especialmente me chamou a atenção: o compromisso com a unidade da Igreja. É muito forte sua convicção sobre o ministério da reconciliação. Segundo ele, a Igreja precisa viver este ministério não somente para fora, mas também para dentro. Em uma Comunhão Anglicana marcada por tanta diversidade, o mais importante, segundo ele, é o compromisso com a verdade do Evangelho. Não uma verdade de teses, de discursos, mas uma verdade partilhada com amor, em espaços seguros e com humildade.

    Outro importante dom que percebi no Arcebispo é o seu compromisso com o diálogo com outras Igrejas e outras religiões. Um diálogo que leve à defesa da justiça e da paz entre os povos. Em sua conversa com os representantes ecumênicos, enfatizou a necessidade de transpor muros. Sua abordagem da sociedade atual é profundamente crítica quando vivemos num mundo de desigualdades econômicas e sociais. Ele tem se manifestado sobre isso em diversos momentos.
    Seu compromisso com o fortalecimento dos instrumentos de unidade da Comunhão vai sempre na direção de aperfeiçoar o sentimento de colegialidade. Estas visitas aos Primazes vai exatamente nesta direção: ouvir e coletar impressões. Há muita humildade no reconhecimento de que precisa conhecer melhor a diversidade da comunhão, enraizada em diversas culturas. Este fortalecimento também passa, segundo ele, pela inclusão linguistica, permitindo que documentos oficiais da Comunhão Anglicana sejam traduzidos para outras línguas!
    Em seu contato com os bispos presentes, revelou uma naturalidade de quem enxerga os irmãos bispos sem solenidade formal, falando francamente como a iguais. Que Deus continue abençoando a vida e ministério do Arcebispo! Agora é aguardar uma outra visita, mais ampla e que permita um contato maior com nossa Igreja Provincial.
    Quero agradecer o empenho e a dedicação sem par do staff da Secretaria Geral, das Missionárias do GT Missão e da The Episcopal Church (TEC) , das lideranças da Paróquia da Santíssima Trindade e da Diocese Anglicana de São Paulo (DASP). Um trabalho que exigiu esforço, sentimento de equipe e um serviço de amor. Ao staff da Secretaria Geral se somou também a colaboração da Revda Marinez Bassoto (Deã da Catedral Nacional), como Capelã do evento. Parabéns a todos e a todas, especialmente ao Revdo. Arthur Cavalcante que coordenou todo esse trabalho. O Primaz e os colegas bispos se sentiram muito bem acolhidos e cada detalhe não escapou ao cuidado dessa enorme equipe!
    Que Deus abençoe cada um e cada uma com ricas bençãos e merecido descanso!

    ++ Francisco de Assis da Silva

    Bispo Primaz da IEAB

     
  • SNIEAB 0:54 on 01/03/2014 Permalink | Responder
    Tags: , Igreja Anglicana São Paulo   

    Retiro e Reunião da Câmara dos Bispos da IEAB em São Paulo 

    Oração e retiro ocuparam a maior parte da reunião da Câmara dos Bispos da IEAB, realizada em São Paulo, entre os dias 24 e 26 de fevereiro. Com o apoio de uma equipe de liturgia e com a assessoria do monge Marcelo Barros, os bispos tiveram a oportunidade de refletir sobre a natureza do ministério pastoral, especialmente nos desafios que se enfrenta nos dias de hoje.

    A partilha ministerial, vivida num clima de colegialidade, oportunizou momentos de oração e abraço fraterno na dimensão de que o ministério episcopal precisa ser vivido cada vez mais em interdependência.

    Um momento especial foi vivido na acolhida calorosa que a Câmara recebeu na Paróquia São Lucas, em Vila Maria, onde a Eucaristia foi celebrada junto com a comunidade, seguida de momento de confraternização. Foi visível a emoção daquela comunidade que expressou publicamente o seu agradecimento à Câmara pelo apoio pastoral recebido durante a crise cismática ocorrida na Diocese. Conforme afirmou o bispo Primaz, Dom Francisco, a Câmara fica agradecida pelo reconhecimento do cuidado pastoral mas que como bispos, a tarefa da Câmara é garantir a fé e a unidade da Igreja e cuidar com carinho do rebanho de Deus confiado aos cuidados de seus bispos.

    A vivência litúrgica foi rica e dela se apreendeu a importância do ministério episcopal como um ministério de serviço, de nutrição na fé e de cuidado pastoral com o rebanho confiado à responsabilidade de cada bispo, não somente como Igreja local, mas igualmente numa dimensão universal.

    A Câmara intercedeu constantemente pela Diocese do Rio de janeiro, vez que Dom Filadelfo não pode se fazer presente por razões de tratamento médico. Ao final do encontro, cada bispo escolheu dentre os círios de cada diocese que foram acesos na oração matutina da quarta-feira, um círio de uma diocese distinta da sua para levar consigo e orar por ela.

    Os desafios pastorais da IEAB foram discutidos pelos bispos e todos foram unanimes em assumir o compromisso de conduzir a Igreja no processo de diálogo e reflexão em torno do tema da família e das sexualidade humanas. Este é um processo recomendado expressamente no Sínodo de novembro passado e que contará com a facilitação metodológica do Centro de Estudos Anglicanos.

    Outro ponto importante a destacar foi a interação dos clérigos e leigos das dioceses através das redes sociais, com mensagens e orações pelos seus bispos durante a reunião, numa demonstração de carinho.

    Mais que uma reunião dos bispos, o encontro foi um grande sinal da colegialidade, de fortalecimento de laços comuns e de sonhos a se realizarem através da IEAB nos caminhos de Missão.

     
  • SNIEAB 14:36 on 15/05/2013 Permalink | Responder
    Tags: Bispo Anglicano de São Paulo, , , , Deão da Catedral, , Igreja Anglicana São Paulo, Igrejas Casamento, ,   

    Sinais de Esperança e Mobilização na DASP 

    Foi anunciado oficialmente pelo Primaz Dom Maurício Andrade, bispo pró-têmpore da Diocese Anglicana de São Paulo-DASP, as convocatórias para a realização do 47º Concílio Ordinário e Concílio Extraordinário, que ocorrerão na cidade de São Paulo, entre os dias 09 a 10 de agosto de 2013. O Concílio Extraordinário foi convocado especificamente para proceder a eleição do próximo bispo diocesano devido a ação anulatória em novembro de 2012.

    Preparativos

    Foram convidados clérigos arrolados canonicamente na DASP e delegados (as) leigos (as) de aproximadamente 13 Paróquias e 01 Missão de todo o estado de São Paulo.

    Todas as comissões diocesanas prestarão seus relatórios sobre o estado atual da DASP. Foi nomeada uma Comissão de Assuntos Financeiros, formada por especialistas, para apresentar um relatório minucioso do financeiro/administrativo diocesano. Integram a Comissão, o Sr. Marcos Yuba (Paróquia São João), a Sra. Magali Kimpara (Paróquia de Santo André-Campinas) e a Sra. Cecília Vergara (Paróquia da Santíssima Trindade).

    O Bispo Primaz nomeu a Reverenda Carmen Kawano para a Secretaria Diocesana e igualmente anunciou os atuais integrantes do Conselho Diocesano:

    Reverendo Dr. Pedro Triana (Presidente do Conselho/Paróquia da Santíssima Trindade), Sr. João Francisco Esvael (Paróquia da Santíssima Trindade), Reverenda Valéria Silva (Paróquia São João), Sra. Ivi Carvalho (Paróquia Santo André Campinas), Reverendo José Gonçalves (Paróquia Santa Lídia/Paróquia Cristo Salvador), Sr. Rodrigo Abreu (Paróquia Santa Lídia), Reverendo Mário Ribas (Paróquia Cristo Rei) e Sra. Tania Lara (Paróquia São Lucas).

    Agenda

    Dom Maurício Andrade propos uma agenda inédita para a Diocese que procura envolver o clero e povo na preparação para os próximos concílios:

    • 02 a 09 de junho: Semana de Oração dos Pioneiros da IEAB a ser observada em todas as paróquias e missões da DASP em preparação aos próximos concílios;
    • 13 de julho: Encontro Diocesano dos Primeiros Guardiões e Tesoureiros e,
    • 15 e 16 de junho: Retiro Espiritual do Clero e dos Leigos com o Frei Marcelo Barros

    Breve Histórico da Crise na DASP

    Após a realização do 47º Concílio Ordinário e Extraordinário (07-08 de setembro de 2012), Dom Roger Bird, o bispo diocesano, anuncia no dia 13 de setembro, o cancelamento do Concílio Extraordinário no qual ocorreu a eleição para bispo diocesano da DASP, alegando possíveis irregularidades canônicas. Essa decisão teve apoio de um grupo de clérigos e leigos, mesmo tendo o Concílio recebido o parecer favorável da Comissão Nacional de Constituição e Cânones da IEAB sobre a legalidade da eleição episcopal.

    Até o dia 16 de março de 2013, data da compulsória do bispo diocesano, a DASP esteve envolvida em uma situação de ingovernabilidade, na qual Dom Roger Bird  atendia pastoralmente apenas parte do rebanho diocesano que estava apoiando seu episcopado e deixando a outra parte sem nenhum cuidado.

    Dois fatos marcam esse período:

    Primeiro as ações de dois clérigos, a saber, o Reverendo Aldo Quintão e o Reverendo Rogério Assis, de levarem a própria Diocese a Justiça Comum pedindo o cancelamento do Concílio Extraordinário.

    E o segundo, envolvendo ainda o Reverendo Aldo Quintão (Catedral Anglicana), e o Reverendo Leandro Antunes (Paróco da Paróquia de Todos os Santos) que fizeram convocações de  assembleias gerais para desfiliação de suas respectivas comunidades da Diocese Anglicana de São Paulo/Igreja Episcopal Anglicana do Brasil. Tudo sem o devido respaldo nos Cânones Gerais e Diocesanos.

    A Assembléia de Desfiliação e Alteração dos Estatutos

    Por fim, no dia 02 de dezembro de 2012, a Catedral Anglicana  realiza sua Assembléia sem o respaldo canônico e altera os artigos centrais dos seus Estatutos, nada mais que uma tentativa de extinguir qualquer indício de vínculo legal/canônico com a Diocese Anglicana de São Paulo/Igreja Episcopal Anglicana do Brasil. É fundada uma outra entidade, sem vínculos eclesiásticos/legais com a Comunhão Anglicana, um modelo de igreja independente construído sem os traços substanciais marcantes das Igrejas Anglicanas encontrados, por exemplo, na The Church of England (Igreja da Inglaterra)  ou na The Episcopal Church (Igreja Episcopal dos Estados Unidos).

    Quadro Comparativo Antigo e Novo Estatuto Catedral Anglicana de São Paulo

    Ações de Reconciliação da IEAB

    Ocorreram nove visitas oficiais do Bispo Primaz Dom Maurício Andrade a Diocese Anglicana de São Paulo, sendo seis destas visitas de ações pastorais sistemáticas em busca de reconciliação. O Primaz esteve em algumas delas, acompanhado por bispos da Região Provincial 2 (que inclui Diocese de São Paulo, Diocese do Rio de Janeiro e Diocese de Curitiba) e em novembro de 2012, por toda a Câmara dos Bispos da IEAB. Foram dias de reuniões com Juntas Paroquiais, com os bispos da DASP, com clérigos e leigos na busca para encontrar caminhos que apaziguassem o conflito.

    Destaca-se o dia 28 de março de 2013, no qual ocorreu na manhã da Quinta-Feira Santa, na Paróquia da Santíssima Trindade, o encontro do Clero Diocesano para o tradicional Ofício de Renovação dos Votos de Ordenação e Bênção dos Óleos. Dos 34  membros clericais vinculados canonicamente à DASP/Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB) estiveram 21 representantes. Nota-se infelizmente a ausência sem justificativa dos seguintes clérigos: Reverendo Aldo Quintão, Reverendo Rogério Assis, Reverendo Leandro Antunes e Reverendo Régis Domingues.

    Após um período de sete meses de recusa de reconciliação pastoral e de insistência em manter as ações de insubordinação e de desobediência aos Cânones e à Constituição, o Bispo Primaz apoiado pelo Conselho Executivo do Sínodo, pela Câmara dos Bispos, pela Câmara de Clérigos e Leigos e amparado pelos Cânones, declara publicamente, em 17 de abril de 2013, o Abandono de Comunhão com a IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL/COMUNHÃO ANGLICANA dos seguintes clérigos: Reverendo Aldo Pereira Quintão, Reverendo Álvaro José Antunes Silva Junior, Reverendo Leandro Antunes Campos, Reverendo Rogério Assis, Reverendo Régis Augusto Domingues e Reverendo Luiz Alberto Barbosa.

    Atualmente o Tribunal Eclesiástico da IEAB está julgando o caso do Bispo Dom Roger e que até o presente momento não apresentou sua defesa perante as instâncias da IEAB.

    Ações de Reconciliação IEAB DASP Catedral Anglicana de São Paulo

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar