Tagged: gênero RSS

  • SNIEAB 11:07 on 08/03/2010 Permalink | Responder
    Tags: , gênero,   

    De Mulher pra Mulher: mensagem ecumênica para o 08 de Março 

    Declaração das Mulheres Ecumênicas 2010

    Nós, representantes das Igrejas-membro do CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil), reunidas nos dias 27 e 28 de fevereiro de 2010, em São Paulo, desafiadas pelo tema da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2010, ECONOMIA e VIDA, e pelo lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mateus 6.24), refletimos sobre nossas ações no cotidiano e a busca de novas atitudes a fim de transformar o modelo atual das relações humanas. Sendo assim, propomos:

    1. Valorizar e estimular o potencial e a importância da liderança das mulheres nas igrejas e na sociedade;
    2. Capacitar pessoas na sociedade e nas igrejas a se libertarem do racismo, do sexismo, do classismo e a abandonarem as práticas discriminatórias;
    3. Tornar conhecidas as perspectivas e ações das mulheres em esforços de luta pela justiça, paz e integridade da criação;
    4. Capacitar as mulheres a se oporem às estruturas opressoras que existem no nosso país;
    5. Educar as pessoas à construção de novas relações de gênero nas igrejas;
    6. Integrar teólogas na Comissão Ecumênica Teológica do CONIC;
    7. Incentivar e promover ações conjuntas na superação da violência contra as mulheres;
    8. Viabilizar recursos, nos orçamentos das igrejas-membro, em prol de trabalhos relacionados à questão de gênero;

    Com alegria participamos da construção deste novo momento da Ação Ecumênica de Mulheres. Reconhecemos nossas conquistas desde a Década Ecumênica de Solidariedade das Igrejas para as Mulheres (1988), e reafirmamos nosso compromisso ecumênico na busca da igualdade de gênero.

    Confia a Deus as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos.
    (Provérbios 16.3)

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 21:01 on 02/03/2010 Permalink | Responder
    Tags: , gênero, , ,   

    Ação Ecumênica de Mulheres reflete sobre a CFE 2010 

    Mulheres representantes das Igrejas do CONIC – Conselho Nacional de Igrejas Cristãs – estiveram reunidas em São Paulo nos dias 27 e 28 de fevereiro para refletir sobre o tema da Campanha da Fraternidade Ecumênica numa perspectiva de gênero.

    O evento, coordenado pela Ação Ecumênica de Mulheres, segmento do CONIC que trata das questões de gênero, permitiu uma apropriação dos desafios que se colocam para as mulheres dentro do sistema econômico excludente que as Igrejas querem questionar com a Campanha da Fraternidade deste ano.

    P2702100003
    A assessora Cecília Castillo, coordenadora do Programa de Gênero do CLAI, participou da primeira mesa do Encontro (foto) e trouxe dados estatísticos que reforçaram a consciência de que na América Latina estamos ainda muito longe de uma justa igualdade de gênero nas relações econômicas. Além do mais, dentro das próprias Igrejas, essa desigualdade tem sido reforçada por uma cultura de conformismo que precisa ser contestada com muita firmeza.

    As mulheres tiveram a oportunidade de partilhar suas experiências locais de lutas pela superação de desigualdades e ainda puderam ouvir testemunhos de como iniciativas de economia solidária puderam ajudar muitas mulheres no Brasil a alcançar sua autonomia econômica.

    Além dos painéis e partilha de experiências, as participantes puderam viver momentos de inspiração devocional, sempre ligados à temática da Campanha. As orações, os textos litúrgicos e as canções evocaram o lema : Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro!

    A IEAB se fez representar no Encontro pela Presidente da UMEAB Provincial,  Eunice Ramos, e pela Presidente da UMEAB da diocese Anglicana de São Paulo, Christina Takatsu Winnischofer.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 16:35 on 07/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: , gênero, iarca,   

    IEAB participa de Encontro na Provincia da América Central 

    A Província Anglicana da América Central (IARCA),  está realizando um grande um evento para celebrar trinta anos de provisão canônica para o ministério ordenado das mulheres na diocese de El Salvador. Representa a IEAB no evento, por designação provincial, a Revda. Valéria Silva, da diocese anglicana de São Paulo.

    A Província do Brasil foi convidada especialmente para se fazer representar no Encontro, haja visto que ao lado de outras Províncias da Comunhão Anglicana, tem sido um testemunho vivo da presença feminina presidindo altares. Este ano, inclusive, a IEAB celebra os vinte e cinco anos de ordenação feminina.

    O Encontro em El Salvador começou ontem à noite com uma ordenação de uma presbítera e três diáconos. O bispo da diocese, Revmo. Martin Barahona, é também o Primaz da Província da América Central e grande companheiro do nosso Primaz, D. Mauricio, no Colégio dos Primazes.

    Ao encontro comparecem representantes das demais dioceses da Província bem como convidadas internacionais. A Revda. Valéria leva consigo o abraço de nossa Igreja para os irmãos e irmãs episcopais salvadorenhos que tem sido um rico testemunho naquele país, marcado por recentes crises políticas e pela determinação de seu povo em manter vivo o compromisso da Igreja com os excluidos daquela nação.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 16:21 on 28/10/2009 Permalink | Responder
    Tags: , , gênero,   

    Brasil despenca em ranking mundial de igualdade de gênero 

    Recente pesquisa publicada pelo Fórum Econômico Mundial aponta que o Brasil ocupa a  posição de número  82 num ranking de 136 países em termos de igualdade econômica de gênero.

    Estes dados, comparados com anos recentes representa uma piora no quadro e apontam-se entre outras razões a queda da renda média entre os sexos, fruto talvez da crise econômica que se abateu sobre o mundo desde o terceiro trimestre de 2008.

    A pesquisa envolveu levantamentos sobre participação no mercado de trabalho e renda anual de mulheres e homens bem como participação política e cargos de direção entre outros. No item participação de mulheres na força de trabalho, o Brasil sobe seis posições. No entanto, despenca 32 posições quando se trata da igualdade salarial para mesmas funções. Quando se trata de índice de desemprego, as mulheres apresentam maior taxa em relação aos homens: (11,66 contra 6,77). Curiosamente, o Brasil apresenta dados surpreendentes no que tange a, por exemplo, cargos de direção, onde sobe 49 posições. Em termos de participação e representação política, a mulher brasileira se situa em posições bem atrás de países do chamado terceiro mundo, com um baixo índice de representação no parlamento. Neste item o país se encontra na posição de número 109.

    Quem desejar conhecer os dados da pesquisa, inclusive acessar os dados de todos os países pesquisados, clique neste link. Dos dados desta pesquisa com relação ao Brasil é possíve se inferir o quão desafiador se apresenta para os governos brasileiros adotar políticas públicas que reduzam essa diferença entre homens e mulheres. Para um país que está postulando uma posição mais destacada no cenário internacional, essas estatísticas não credenciam muito. A euforia de alguns com o fato de o Brasil ser considerado a partir de agora com uma potência emergente do planeta precisa enfrentar a situação da desigualdade de gênero. O mais intrigante na pesquisa é de que desde 2006, o país segue uma trajetória de queda no ranking mundial em relação à essa questão. Na direção oposta citamos países como a África do Sul (que subiu 16 posições entre 2008 e 2009) e Equador ( que subiu 12 posições no mesmo período).

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário-Geral da IEAB

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar