Tagged: anglicanos RSS

  • SNIEAB 17:43 on 04/06/2013 Permalink | Responder
    Tags: anglicanos, , CLAI BRASIL, ,   

    VI Assembleia Geral do CLAI em Cuba 

    Havana recebeu de 20 a 26 de maio a VI Assembleia do CLAI (Conselho Latino Americano de Igrejas), que foi presidida pelo Bispo Anglicano Dom Júlio Murray. A delegação da IEAB esteve representada pelo Secretário Geral Revdo. Arthur Cavalcante, Revda. Magda Guedes e pelo Sr. João Francisco Esvael. Contou ainda com as presenças da Revda. Tati Ribeiro representando a Juventude e Ester Lisboa pela Pastoral de Gênero.

    Precedendo a Assembleia realizou-se a Consulta Continental que abordou o tema: Igrejas e os Direitos Sexuais e Reprodutivos.   Todas as seções eram abertas com um momento devocional e um estudo bíblico para orações e suscitar a celebração, a reflexão da Palavra de Deus, animar novas experiências litúrgicas e desenvolver o tema do dia a luz do texto bíblico.

    Dia 21

    Após a devocional,  a reflexão foi conduzida pela Biblista Tirsa Ventura a respeito do Salmo 85. 8-13. Dom Murray inaugurou a Consulta com palavras de saudação aos presentes, seguido pelas falas da Dra. Kate Gilmore da UNFPA e Dra. Marcela Suazo da UNFPA-LACRO.

    Instituições Sociais de Havana

    Ao final da Consulta oportunizou-se, por livre escolha, visitas a instituições Cubanas:

    • Escola Especial “La Castellana” que atende crianças e jovens com síndrome de Down;
    • Escola Latino-americana de Medicina, Hospital Oncológico (sala infantil);
    • Escola República do Panamá para crianças portadoras de deficiências físicas;
    • Centro de Educação Sexual (CENESEX), Centro Martin Luther King;
    • Conselho de Igrejas de Cuba e Havana Velha.

    Celebração de Abertura da VI Assembleia do CLAI


    Após a Consulta, na noite de 22 de maio, realizou-se  o Culto de Abertura no Teatro Lázaro Peña que teve a presença do Vice-Presidente da República e a pregação do Bispo Metodista Federico Pagura (90 anos), protagonista histórico do Movimento Ecumênico e de Resistência nos anos de ditaduras militares da Argentina, seu país, e demais países da AL.

    Dia 23

    Iniciam-se os trabalhos da VI Assembleia sob o tema: A importância do lugar das Igrejas no contexto espiritual, político, social e econômico do Continente Latino-americano.

    A devocional refletiu o Evangelho segundo João 17.21 e o aprofundamento bíblico foi realizado pela Biblista da IECLB e Secretária Geral do CONIC, Romi Bencke sobre Ezequiel 37.1-10.

    Após a instalação da Assembleia pela Junta Diretiva do CLAI, foi apresentado um vídeo sobre a realidade da América Latina e Caribe que contou com a presença da filha do Presidente Raul Castro que falou aos presentes.

    A terceira sessão foi destinada aos informes da Presidência, do Secretário Geral e Tesouraria do CLAI. Este trabalho foi otimizado pela reunião em separado de Grupos de Trabalho organizados pelas cinco regiões do CLAI para avaliação, comentários e opiniões.

    A noite foi precedida de uma oração dirigida pela Comissão de Liturgia e após houve um diálogo com os familiares dos cinco cubanos presos nos EUA, sendo que um deles tendo sido libertado esteve presente e usou da palavra.

    Dia 24

    Após a devocional matutina, a inspiração veio do livro Atos dos Apóstolos 8.26-40, orientada pelo Biblista Dario Barolin.

    Sessão V - Teve como temática os Desafios para o futuro, sustentados por cinco pilares:

    • O Ser – valores, princípios, identidade e espiritualidade.
    • O Saber – Teoria, Prática e Conhecimento.
    • O Decidir – Organização política da Comunidade.
    • O Agir – A prática e a produção material e intelectual.

    Café Teológico – Após o almoço foi lançado o livro biográfico do Bispo Federico Pagura, escrito e apresentado por Manuel Quinteros. Esta apresentação foi realizada de forma lúdica com canções de autoria do Bispo Pagura acompanhadas ao piano por um de seus mais célebres parceiros, o compositor e maestro Pablo Sosa.

    Dia 25

    O Tema do dia abordou o Caminhar do CLAI – Sustentabilidade e Propostas.

    • Após a Devocional o Estudo Bíblico foi orientado pela Biblista Nidia Fonseca sobre o Evangelho segundo Lucas 13.20-21.

    Sessão VI – Abordou questões relativas a sustentabilidade do CLAI com apresentação de propostas tendo como eixo:

    • CLAI e Movimento Ecumênico;
    • Diálogo CLAI-CEC, NCCUSA, CONSELHO DE IGREJAS DO CANADÁ, CMIR;
    • Estabelecimento das bases do CLAI pós VI Assembleia.
    • À noite, após o jantar, as famílias confessionais reuniram-se. Os Episcopais Anglicanos se fizeram presentes em grande número.

    Sessão VII –  Conclusões dos GTs, outros assuntos e apresentação do Documento Final.

    Sessão VIII – Eleições para a Presidência e Junta Diretiva do CLAI. Foram eleitos:

    Presidente do CLAI: Felipe Adolf, pastor luterano (Equador)

    Junta Diretiva: destaque para a presença de três representantes do CLAI Brasil.

    Sessão IX – Culto de Encerramento com Instalação da nova Junta Diretiva, com pregação pela pastora Ofelia Ortega.

    Durante uma das sessões do CLAI os jovens protestaram e exigiram que houvesse maior consideração com a sua presença, e que lhes fosse dado o direito ao protagonismo durante as sessões contribuindo assim com os projetos do CLAI.

    Dia 26


    Visita as Igrejas, os Episcopais Anglicanos visitaram a Catedral Anglicana de Cuba onde participaram da Celebração Eucarística e que teve como pregador o Bispo Dom Armando Guerra. Após foram acolhidos no Salão Paroquial com uma recepção pelo deão e membros da Comunidade. Esta mesma Igreja hospedou por vários dias a delegação de jovens do CLAI, que participou da assembleia como apoio logístico.

    Para o Revdo. Arthur Cavalcante, Secretário Geral da IEAB,  a Assembleia do CLAI ” [...] foi um marco importante para as igrejas da América Latina e do Caribe pois reafirmaram sua identidade cultural e deram visibilidade para os gestos concretos  que estão sendo implementados ao longo dos anos na região” e que é preciso ” [...] que as Igrejas e Organismos Ecumênicos da Europa e dos Estados Unidos olhem com mais carinho para as iniciativas de diaconia/serviço e para as ações de incidência pública das igrejas da América Latina e Caribe”. Também destacou que o “[...] CLAI ao realizar a Assembleia em Havana demostrou um gesto de grandeza  e de solidariedade para com todo o povo de Cuba”.

    Por Xico Esvael

    Diocese Anglicana de São Paulo

     
  • SNIEAB 17:55 on 20/07/2011 Permalink | Responder
    Tags: anglicanos, , , Porto Velho   

    Igreja em Porto Velho: Compromisso Missionário da IEAB 

    Distrito Missionário Anglicano

    Chegada a Porto Velho
    Na noite do dia 13 de julho, a comitiva provincial prosseguiu seus trabalhos em sua visita a comunidade anglicana, localizada na cidade de Porto Velho. Foi um momento festivo para a Paróquia Phileon onde estiveram presentes, entre fiéis e visitantes, mais de 70 pessoas, para Celebração da Santa Eucaristia.
    O Bispo Primaz Dom Maurício Andrade presidiu o ofício religioso com a presença do Secretário Geral, Reverendo Arthur Cavalcante, do clérigo residente da Diocese de Brasília, o Reverendo Guilherme Luz e do atual ministro encarregado da Paróquia, o Reverendo Diácono Robert Adan. Naquela noite foram instaladas e renovadas as licenças de quatro mulheres ao ministério leigo. Na mesma ocasião, Dom Maurício recebeu e confirmou quatro pessoas na comunhão da Igreja. Logo após a celebração, a comunidade organizou uma quermesse com direito a um jantar e doces regionais. Um bingo foi promovido para arrecadar fundos para a nova Paróquia.

    Histórico da Paróquia

    Os trabalhos da Paróquia Phileon, em Porto Velho, iniciaram-se no ano de 2008, através do testemunho pastoral e missionário do Reverendo Guilherme Luz. Este homem de Deus animou jovens e adultos de sua família, oriundos da Igreja Assembléia de Deus e da Igreja Católica Romana, a vivenciarem a fé cristã através do anglicanismo. O resultado foi a filiação de um grande número de pessoas a IEAB. Com um bom grupo já formado, as primeiras reuniões tiveram início na residência da Dona Berenice Luz, fiel membro da Igreja Assembléia de Deus e irmã do Reverendo Guilherme. Atualmente, esta senhora, além de ceder o jardim de sua residência, no bairro do Embratel, para realização dos cultos da IEAB, também generosamente doou um terreno de 900 m² para a construção do primeiro templo anglicano na capital de Rondônia.

    Missão Moriá
    Na manhã do dia 14 de julho, a comitiva provincial juntamente com o Sr. Roger Luz, liderança leiga paroquial, seguiram de carro em direção à Missão Moriá, região da Bacia Leiteira, que dista uns 20 km de Porto Velho. A missão está nas proximidades dos rios Candeias e das Garças onde há uma floresta nativa e um bom trecho foi percorrido em estrada de terra. O Reverendo Guilherme destacou que o nome Moriá foi uma homenagem a uma antiga missão dos ingleses desenvolvida no período do Ciclo da Borracha e da construção da estrada de ferro Madeira/Mamoré.
    A recepção local ficou a cargo do casal, Dona Neguinha e do Sr. Aldo, fiéis da Igreja Anglicana. O testemunho deles tem sido importante referência para as famílias ribeirinhas e um grande contato pastoral para a IEAB.

    Desafios na Construção do primeiro templo Anglicano de Porto Velho
    Logo após, o grupo retornou para Porto Velho a fim de conhecer o local onde está sendo construído o templo da Paróquia Phileon. O Bispo Maurício que esteve no lançamento da Pedra Fundamental, constatou o avanço das obras e o empenho dos fiéis. Segundo o Sr. Robinson Luz, líder leigo, quando o templo estiver pronto terá capacidade para receber 120 pessoas e atenderá muito bem a comunidade. Ele ainda afirmou que os recursos ainda não são suficientes para dar continuidade e rapidez a obra, mas acredita na união de todos para multiplicar os recursos, chegando enfim na construção do templo.

    -

    Rev. Arthur Cavalcante

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 23:18 on 22/05/2010 Permalink | Responder
    Tags: anglicanos, ,   

    Câmara dos Deputados homenageia os 50 anos de presença anglicana em Brasilia 

    Nesta sexta-feira, 21, no plenário da Câmara dos Deputados, realizou-se sessão solene em homenagem aos 50 anos de presença anglicana em Brasilia. A iniciativa do deputado federal Paulo Delgado (PT-MG) recebeu unânime apoio da Casa e foi realizada com a presença do bispo diocesano d. Maurício Andrade, do bispo emérito d. Almir dos Santos, clero, lideranças leigas diocesanas e uma delegação de companheiros em missão da diocese companheira de Indianápolis, liderados pela bispa Cate Waynick.


    A sesssão teve o pronunciamento do bispo Maurício Andrade que destacou o pioneirismo de todas as pessoas que tornaram a presença anglicana em Brasilia uma realidade, praticamente chegando ao Distrito Federal à mesma época da fundação da cidade. O templo da Paóquia da Ressurreição foi o primeiro templo não católico romano a ser construido e vinte cinco anos depois tornou-se a Catedral da Diocese Anglicana de Brasilia.
    Em sua fala, o deputado Paulo Delgado fez uma didática exposição sobre a tradição e história Anglicanas e em como a comunidade anglicana se identificou com a capital federal em sua multifacetada cultura. Isso revela o quanto inclusiva é a tradição da Igreja Anglicana que hoje se espalha para além dos limites da cidade de Brasilia e alcança os estados vizinhos como Goiás, Tocantins e Minas Gerais.
    O Presidente da Câmara dos Deputados, deputado Michel Temer, enviou uma saudação especial para ser lida no plenário e expressou a sua alegria pela justiça que a Casa faz ao reconhecer em seus anais a presença e contribuição anglicana.
    A cerimônia foi emocionante para todos e, inclusive para alguns que foram testemunhas oculares do lançamento da pedra fundamental do templo da Catedral.


    A convite do bispo diocesano, o Secretário Geral se fez presente na cerimônia e participará também dos outros atos celebrativos desta semana festiva para os irmãos e irmãs anglicanos. Junto com ele também se fazem  presentes além do bispo Filadelfo Oliveira, da diocese Anglicana da Rio de Janeiro, o casal João Carlos e Eunice, representando a diocese Sul-Ocidental, o Cônego Richard Bartlet ,  a Revda Patricia Powers e a missionária Elizabeth Daniel. A diocese de Indianápolis prestigia as solenidades com um grupo de onze pessoas, que cumprem extensa agenda desde a semana passada em vistas a diversas comunidades e projetos sociais da diocese.


    Neste sábado haverá uma exposição fotográfica nas dependências da Catedral e amanhã haverá uma solene Eucaristia em ação de graças por este momento histórico que orgulha a comunidade brasiliense.

    Esta é a primeira vez que o plenário da Câmara dos Deputados presta de forma oficial uma homenagem à comunidade anglicana no Brasil. Conforme ressaltou o deputado Paulo Delgado, a Igreja Anglicana contribui em muito para tornar o cristianismo relevante para a vida e a espiritualidade da nação brasileira.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 18:27 on 16/10/2009 Permalink | Responder
    Tags: agricultores, anglicanos, , , ,   

    Solidariedade Ecumênica abre perspectiva de solução para os pequenos agricultores de Ariquemes 

    Estamos vivendo momentos de renovada esperança com os encaminhamentos feitos pelos líderes da Comunidade de pequenos agricultores da fazenda Urupema, Ariquemes, no estado de Rondônia.

    Após um apelo de solidariedade feito pela IEAB através do nosso Primaz e Secretário Geral em nome das quase 250 pessoas da Fazenda, temos recebido ampla e irrestrita solidariedade da própria Igreja, dos organismos e movimentos ecumênicos, da sociedade civil organizada e de pessoas individualmente tanto no Brasil como no exterior.

    Presidente do INCRA com Bispo Primaz e representantes dos assentados

    A petição online alcançou até agora a cifra de 185 assinaturas. E esse instrumento alcançou instâncias governamentais e parlamentares criando as condições para se buscar a solução política e institucional para o grave problema criado a partir de uma decisão judicial de despejo lavrado por uma juíza de Ariquemes.

    O FEBRASIL e FESUD foram solidários no apoio financeiro para as passagens da viagem de dois representantes da comunidade de Ariquemes a Brasilia.

    O apoio político da Senadora Marina Silva, de assessores do Ministério da Justiça bem como de militantes de Direitos Humanos foram fundamentais para os contatos com a Ouvidoria Agrária e com o INCRA. Conseguimos uma audiência extraordinária com o Presidente do INCRA à qual compareceram o Bispo Primaz da IEAB, D. Mauricio, o Rev. Hugo Sanches (Pároco anglicano em Ariquemes) e o Sr. Derli Cavalheira (representando a comunidade dos assentados).

    De concreto conseguiu-se que o INCRA assumisse a negociação direta com as partes na busca de um acordo que viabilize a solução do problema sem necessidade de despejo das famílias. Na próxima semana haverá uma reunião entre as partes para a possível negociação de desapropriação da fazenda e a permanência das famílias ali estabelecidas há 13 anos.

    Conforme os próprios representantes declararam após a audiência com o Dr. Rolf Hackbart, “estamos a um pequeno passo da solução”.

    Continuemos em oração para que definitivamente as famílias recebam a boa nova de não serem desalojadas e recebam finalamente a posse e propriedade definitiva da fazenda.

    Em meu nome e no de nosso Primaz, bem como de nossos queridos irmãos e irmãs da fazenda Urupema, gostaria de agradecer o apoio e a solidariedade seja por palavra seja por ação concreta que a nós foi endereçada.

    Pedimos que continuem divulgando a petição online e manteremos todos e todas informados dos próximos decisivos passos.

    Não devemos nos dispersar, mas antes continuar apoiando esta causa.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário-Geral da IEAB

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar