Primaz da IEAB Apoia Ação Junto às Pessoas Indígenas de Dourados

PARÓQUIA DA INCLUSÃO ASSUME AJUDA EMERGENCIAL AOS INDÍGENAS DE DOURADOS

A Paróquia da Inclusão, graças a uma comissão liderada pelo Primaz da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Dom Francisco de Assis – que articulou com órgãos responsáveis da Comunhão Anglicana uma quantia de R$ 15.000,00, assumirá um processo de atendimento emergencial às aldeias indígenas da Nação Kaiowá Guarani, no município de Dourados-MS.
Estas comunidades, a tempos, tem resistido ao processo de expropriação de suas terras neste município. Esta resistência, vez em quando, se convertem em confrontos abertos com policiais militares, jagunços de latifundiários e outros agentes que buscam a força retirá-los de sua  terra. O Mato Grosso do Sul, especialmente a região de Dourados, é uma dos maiores focos dos problemas decorrentes da ausência da demarcação das terras indígenas no país.
A partir deste recurso, a Comunidade da Inclusão irá iniciar um trabalho de auxílio emergencial à comunidades Guarani de Dourados que não conseguiram se restabelecer do último confronto com agentes federais. Este auxílio será feito com o recurso conseguido através da Secretaria provincial da IEAB se será destinado a compra de alimentos e reconstrução das casas de oração, símbolo de resistência Guarani.
Esta ação será auxiliada pelo CEBI e CIMI de Dourados que indicarão as comunidades em situação de maior vulnerabilidade. A primeira etapa desta ação foi feita na última reunião, dia  21/02 com o representante do CEBI de Campo Grande, o professor e biblista Edmilson Schinelo, que entrou em contato com o CIMI de Dourados. A reunião foi feita na Comunidade da Inclusão e estiveram presentes: o Rev. Hugo Sanchez, pároco desta comunidade, Lúcia Sanchez, tesoureira e o Ir. Victor Hugo, OSAB.
MATÉRIA DO BLOG DA PARÓQUIA DA INCLUSÃO/CAMPO GRANDE/DISTRITO MISSIONÁRIO ANGLICANO