ENUJAB 2015 – Jovens em OrAção 

Como expressão de um sonho que se tornou realidade, a juventude da IEAB reuniu-se nos dia 4 a 7 de setembro, em Brasília, para a realização do Encontro Nacional da União da Juventude Anglicana – ENUJAB 2015. Contando com a participação de 250 jovens de todas as Dioceses e do Distrito Missionário, os quatro dias de encontro permitiram com que cada participante pudesse se encontrar com Deus e assumir o compromisso de, juntos, fortalecer o trabalho da juventude a nível provincial.

A realização do encontro aconteceu devido ao esforço provincial de transformar a juventude da igreja em uma de suas prioridades. A partir disso, um Grupo de Trabalho (GT) da Juventude foi criado, composto por Revda. Tatiana Ribeiro (DAB), Revdo. Jordan Santos (DSO), Dominique Lima (DAR), Débora Del Nero (DASP) e Pedro Andrade (DAP), e foi responsável por pensar a realização do encontro e buscar maneiras de transformar o sonho da juventude reunida em realidade. Assim, após uma série de reuniões e contando com o apoio do SADD, da Us, da JUNET e da Província da IEAB, além da colaboração de todos os jovens das dioceses, o ENUJAB 2015 finalmente se concretizou.

Oficina de Identidade Anglicana

Inspirados pelos painéis de Acolhida e Serviço, os jovens foram divididos em oficinas, cujos temas eram: Bíblia, Comunicação, Dança Litúrgica, Arte Sacra, Identidade Anglicana, Diaconia, Vocação, Unidade na Diversidade, Liturgia e Responsabilidade Cristã. As oficinas foram enriquecidas pela colaboração de leigos, clérigos e bispos, que se dedicaram a refletir com os participantes a importância da presença da juventude em todas essas esferas da Igreja e da ação missionária da IEAB.

Os estudos bíblicos e os momentos litúrgicos também foram importantes momentos de espiritualidade e conexão com Deus e de integração entre os jovens das mais diversas realidades anglicanas presentes no Brasil inteiro. A tradição se aliou ao contemporâneo, mostrando que a juventude é capaz de expressar seu louvor de maneira criativa, sem esquecer a identidade anglicana.

A noite do dia 6 de setembro foi marcada pela expressão artística e cultural de cada uma das dioceses, que criaram apresentações musicais, recitais e teatrais que representam a diversidade cultural do nosso país. Embalados por sertanejo, samba, frevo, maracatu, carimbó e outros ritmos regionais, a juventude celebrou a última noite do encontro com muita alegria e festa.

O encontro foi finalizado com uma emocionante celebração de envio, com a apresentação do Credo Contemporâneo da Juventude Anglicana elaborado pelos próprios jovens ao longo do encontro.

A especial presença de jovens de Moçambique, Angola e Portugal que, juntamente com o Brasil, compõem a Rede Lusófona, foi uma oportunidade de estimular a partilha e a integração entre nossos irmãos e irmãs de fala portuguesa, reconhecendo-nos enquanto membros de um mesmo Corpo apesar das diferenças culturais de cada país. Além deles, o ENUJAB 2015 também contou com a presença de jovens de Gana, cuja diocese tem parceria com a Diocese Sul Ocidental e Rachel Parry, da Inglaterra, representando a Us, e jovens representantes da 9ª Província, dos países de Honduras e Republica Dominicana.

De tudo que foi vivenciado, ficou o sentimento de pertença dos jovens, a certeza de que a juventude é o presente da Igreja, conforme afirma a Carta da Juventude, a integração entre os jovens e a partilha dos sonhos e compromissos de cada um deles de dizer SIM ao chamado e reconhecer a vocação de cada um enquanto membro ativo da Igreja e da construção do Reino de Deus.

O apoio do Clero e dos Bispos da Igreja também reforçou o sentimento de empoderamento da juventude, que sai do encontro com o fortalecimento do compromisso com a IEAB a partir do Curso de Formação de Lideranças e com o Projeto Missionário “Jovens em Ação”, (em breve noticias sobre este).

Cada vez mais com a certeza de que “Igreja a gente vive com paixão”, o ENUJAB 2015 foi um momento de rearticulação do trabalho da juventude, quando novamente os jovens se entregaram para o serviço com a força e vitalidade que lhes é peculiar, fazendo a voz jovem ecoar na caminhada de fé da IEAB.

Originalmente postado em: http://ujab.ieab.org.br/