Posts Mentioning RSS Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • SNIEAB 12:53 on 09/09/2015 Permalink | Responder
    Tags: , , , , , , ,   

    Impressões do ENUJAB 2015 – Parte II – Presenças internacionais 

    Dos dias 04 a 7 de Setembro o ENUJAB 2015 movimentou a juventude episcopal anglicana em nível nacional mas também recebeu convidados do mundo todo e representações de instituições amigas. Esse encontro com pessoas de outros países ocasionou um intercâmbio cultural belíssimo e alegre, gerando um legado de companheirismo que não terminou por lá, mas que ainda tem muito pra frutificar entre todos nós.

    No decorrer das atividades, o SNIEAB (Serviço de Notícias da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil) esteve conversando com a maioria deles e conectando suas impressões e histórias de vida. A Diocese Anglicana de Brasília, neste período de evento hospedou as presenças de Gana, Estados Unidos, Inglaterra, Honduras, República Dominicana, Portugal, Angola e Moçambique.

    Leslie Penny Petkoff Nikoi, da Igreja Anglicana de Gana partilha sua experiência de fé nos estudos bíblicos

    Rachel Perry, é inglesa e da US, conta suas experiências no Brasil e a felicidade por ser bem acolhida pela IEAB

    Rachel McDaniel é missionária da The Episcopal Church – TEC e está no Brasil para  trabalhar na IEAB, no momento estava junto do Bispo Primaz e sua esposa Talita

    No jantar

    A Igreja Lusitana (Província da Comunhão Anglicana em Portugal) também encaminhou sua correspondente, a jovem Diana Melo,  que o SNIEAB entrevistou:

    SNIEAB: Conversamos com Diana Melo, que é da Igreja Lusitana, também pertencente à Comunhão Anglicana em todo o mundo, e é muito bom poder conhecê-la aqui em nosso país! É sua primeira visita ao Brasil?

    Diana Melo: É sim, a minha primeira vinda ao Brasil!

    SNIEAB: O que você vai levar de mensagem daqui, pra Portugal?

    Diana Melo: Ah! (sorrindo) Muitas memórias, novos amigos! Novas ideias, também nos desafios de trabalhar com os jovens dentro da igreja, de não desistir de levar uma esperança, que esse encontro dá uma esperança para quem trabalha com jovens, de que realmente com empenho as coisas acontecem!

    SNIEAB: Teve como notar alguma semelhança do clero da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil com o clero da Igreja Lusitana?

    Diana Melo: Sim, existe (…) O que eu percebo é que aqui no Brasil há uma maior diversidade nas pessoas do clero.

    SNIEAB: Num dos painéis, foi comentado que o Brasil possui muitos problemas sociais… Então existem muitas necessidades espalhadas no nosso território nacional e a IEAB se faz presente com trabalhos de relevância pública. Na sua opinião, esse caminho é importante para a Comunhão Anglicana?

    Diana Melo: É a missão de todas as Igrejas Anglicanas espalhadas pelo mundo! É muito importante, aqui no Brasil é claro perceber isso!

    SNIEAB: Foi comentado também que a IEAB acabou de lançar o Livro de Oração Comum numa Edição Comemorativa de 125 anos da Igreja e 30 anos de ordenação feminina, tivemos um esforço imenso da Comissão Nacional de Liturgia, estamos nos preparando pra em breve lançar a Edição Regular, enviamos o LOC do Brasil para muitos países de língua portuguesa, e para nós, lusófonos isso é um patrimônio fundamental. O Bispo Primaz do Brasil, concedeu a bênção na Celebração Eucarística de Abertura do ENUJAB conforme uma das orações da Igreja Lusitana e foi muito bonito, muitos dos  participantes se emocionaram. O que você, como portuguesa sentiu naquele momento ao ver que seu país foi representado aqui através da oração?

    Diana Melo: Eu me senti muito agradecida, gostei muito! Tudo me fez sentir acolhida!  Foi um dos temas deste encontro, falar de acolhida. Eu fiquei sensibilizada!

    SNIEAB: Diana, foi um prazer imenso conversar contigo, pra finalizar o que você poderia falar para os jovens portugueses que não estão presentes no ENUJAB?

    Diana Melo: Foi um momento fantástico, de muita aprendizagem e de muito conhecimento! De muita alegria! As pessoas aqui são muito boas, me fizeram sempre sentir acompanhada, vou sentir as formas como se relacionam aqui no Brasil, uns com os outros são muito bons, gostei muito! Espero que no próximo ENUJAB possamos ter muito mais jovens portugueses aqui, para partilhar deste encontro!

    SNIEAB: Com certeza, Diana! Queremos muito! Obrigado! Venha mais vezes para o Brasil!

    Paulo Ueti, da Christian Aid, Anglican Alliance ministrou Oficina sobre a Bíblia

    Delegação de Gana, fala de sua cultura e fé em Noite Cultural

    Após noite de talentos, onde todas as Dioceses e o Distrito Missionário apresentaram temas marcantes de sua história e cultura, a delegação de Gana encantou todos os participantes com a sua energia, o SNIEAB esteve presente e conferiu o número de dança dos jovens e cantos tradicionais da igreja africana, os convidou para uma entrevista:

    *todos os membros da delegação conversaram com o SNIEAB, abaixo consta a conversa geral representado somente como delegação.

    SNIEAB: Vocês são de Gana, na África!

    Delegação: Sim, nós somos! E você é do Brasil! (risos de ambas as partes)

    SNIEAB: Como é a Igreja Anglicana em Gana?

    Delegação: É muito interessante, nós achamos! É uma igreja que vem crescendo, não é velha! Como a do Brasil…

    SNIEAB: Hoje vocês viram muitas tradições brasileiras, comidas típicas, brincadeiras com danças e músicas, tem algo parecido aqui com o seu país?

    Delegação: Na verdade, como as músicas, a gente tem quase o mesmo ritmo, a mesma dança, conhecemos um pouco da língua e aprendemos um pouco enquanto falamos, mas quando a gente chegou pra cá, só fazem seis meses e estamos falando o português! Gostamos muito!

    SNIEAB: E está perfeito! Aprenderam muito bem! (muitos risos e palmas entre todos) Do que gostaram mais até agora?

    Delegação: Do churrasco e do chimarrão! (risos) Nós estamos sob a acolhida dos brasileiros e aqui tem muito amor entre as famílias, entre as pessoas, as mulheres são muito bonitas! (risos)

    SNIEAB: Qual é a mensagem de vocês, jovens ganeses para os jovens do Brasil? O que gostariam de falar até o momento e ainda não tiveram a oportunidade? O que o Brasil pode aprender com Gana?

    Delegação: Achamos que neste encontro, é onde estão fazendo as coisas pra crescer (…) Vocês estão tentando fazer uma movimentação entre vocês, nós tivemos experiências destas coisas, compartilharemos isso com vocês. Hoje a gente está olhando o que vocês estão fazendo, mas depois podemos combinar algo ainda maior entre nós e vocês, mas gostamos muito! Todos vocês são animados, todos têm um coração bom, quiseram que a gente fizesse as coisas e nós fizemos. Foi muito gentil!

    SNIEAB: Foi incrível a nossa conversa, as portas da IEAB sempre estarão abertas pra cada um de vocês!

    Todas as presenças internacionais amigas da IEAB


     
  • SNIEAB 10:07 on 09/09/2015 Permalink | Responder
    Tags: , , ,   

    Declaração da Conferência dos Secretários Provinciais Anglicanos 

    Secretários Provinciais da Comunhão Anglicana se reuniram em Dublin do dia 27 de Agosto a 3 de Setembro através do generoso convite da Igreja da Irlanda. Este foi o oitavo de uma série de encontros informais que se iniciaram nos anos 1980. Representantes de 27 Províncias (ver abaixo) e da Igreja de Ceilão compareceram e vários outros enviaram pedidos de desculpa pelo não comparecimento por conta de outros compromissos, doenças ou dificuldades com o visto.


    Quase metade dos que compareceram haviam assumido seus papéis como secretário desde o último encontro em 2011. O programa da conferência tinha como objetivo:
    - Aumentar o entendimento por parte dos Secretários Provinciais da vida no interior da Comunhão;
    - Contribuir para seu desenvolvimento profissional;
    - Facilitar o compartilhamento de experiências e informações de preocupações comuns;
    - Dar uma visão do trabalho e testemunho da Igreja da Irlanda.

    O tema central da conferência foi Reconciliação. Além de ser uma peça chave no trabalho da Igreja da Irlanda há muitos anos, tal tema é percebido pelo Arcebispo da Cantuária como uma de suas prioridades em seu ministério. O Arcebispo, o Reverendíssimo Justin Welby falou para a Conferência, respondeu a questões e conduziu um estudo da Bíblia.

    Ele refletiu sobre o presente estado da Comunhão seguido da visita que realizou a todas as províncias em 2013 e 2014. Outros interlocutores na Conferência incluíram os Arcebispos de Armagh e Dublin (o Reverendíssimo Dr. Richard Clake e o Reverendíssimo Dr. Michael Jackson), o Secretário Geral da Comunhão Anglicana (o Reverendíssimo Josiah Idowu-Fearon), o Deão da Catedral St Anne de Belfast (o Reverendo John Mann), o Diretor da Aliança Anglicana – Desenvolvimento, Alívio e Defesa (a Reverenda Rachel Carnegie) e Gillian Kingston, Líder Leiga da Igreja Metodista da Irlanda. Outros membros do Escritório da Comunhão Anglicana também contribuíram significativamente para o programa.

    As trocas sobre os desafios enfrentados por cada província nas missões foram energéticas, abertas e conduzidas em uma atmosfera de mútuo respeito. Iniciativas atuais de encontrar soluções para preocupações comuns, incluindo conflitos religiosos, perseguição a minorias, mudanças climáticas, injustiça de gênero, pobreza e tráfico de pessoas, foram discutidas.

    Possíveis questões a serem consideradas na próxima reunião em Maio do Conselho Consultivo Anglicano foram identificadas. Os laços de amizade dos Secretários Provinciais foram estreitados através da adoração, estudo da Bíblia e na oportunidade de participar dos serviços de igrejas locais no Domingo.

    Eles se comprometeram a continuar a apoiar uns aos outros em suas orações. Províncias representadas: Aotearoa, Nova Zelândia e Polinésia; Austrália; Bangladesh; Brasil; Canadá; África Central; América Central; Inglaterra; Hong Kong; Oceano Índico; Irlanda; Japão; Jerusalém e Oriente Médio, Quênia; Coréia; México; Mianmar; Norte da índia; Paquistão; Escócia; América do Sul; Sudão; Tanzânia; TEC; País de Gales; África Ocidental; Índias Ocidentais.


     
  • SNIEAB 0:58 on 09/09/2015 Permalink | Responder
    Tags: , , , , Livraria Anglicana,   

    Impressões do ENUJAB 2015 – Parte I 

    O Encontro Nacional da Juventude Anglicana foi oficialmente encerrado ontem, dia 07 de Setembro. Nesta edição de 2015 após dez anos de hiato, teve como sede a Diocese Anglicana de Brasília e trouxe uma nova perspectiva para a IEAB no que se refere ao serviço, acolhida e sobretudo novas perspectivas para o futuro.

    Durante os últimos dias, a Capital Federal foi tomada pelos jovens de todos os cantos do país, as Dioceses e também o Distrito Missionário enviaram suas delegações para o evento que contou com uma multiculturalidade e diversas formas de expressão. O GT Juventude acolheu de forma integral todos os presentes e foi responsável por um dos acontecimentos mais importantes para a Igreja na atualidade.

    Além da presença dos brasileiros, enviados internacionais também puderam experimentar da proposta de ser um jovem de oração, que não apenas reza pelo bem comum, mas põe a mão na massa e faz acontecer transformações na sociedade de acordo com a realidade do momento. Gana, Moçambique, Angola, Estados Unidos, Inglaterra, Honduras, República Dominicana e Portugal participaram desta festa de vários rostos, etnias  e sensações.

    Dom Maurício Andrade, Bispo Diocesano de Brasília, presidiu a celebração eucarística de abertura

    Helena Medeiros Costa, professora de dança, apresentou uma coreografia litúrgica repleta de fundamentos bíblicos

    O Bispo Primaz do Brasil, Dom Francisco, concedeu a bênção conforme uma das orações da Igreja Lusitana (Diocese da Comunhão Anglicana em Portugal)

    Dinâmica de interação mobilizou todos após a celebração, cada letra em específico é a inicial de algum participante

    O objetivo é de encontrar alguém com essa letra inicial e poder conhecer, estreitando laços de amizade

    Mais de 250 pessoas estiveram envolvidas no evento entre clérigos e clérigas, assessores, organizadores, presenças de instituições parceiras e participantes. Uma das formações que contribuíram para o conhecimento de todos foi o painel com tema sobre “serviço”  que foi ministrado por Dom Saulo, Bispo Diocesano da Amazônia, Sandra Andrade, Coordenadora do SADD (Serviço Anglicano de Diaconia e Desenvolvimento) e Revda. Elineide, pertencente do clero do Distrito Missionário.

    Jovens que servem ao propósito de Jesus estão mais preparados para atuar nas comunidades e na sociedade

    Sandra Andrade dirige a palavra aos jovens e explica como estabelecer projetos bem sucedidos nos meios de atuação da igreja

    O foco também foi a formação cristã, os Estudos Bíblicos ministrados pelos assessores alimentaram a alma e fizeram os jovens refletirem e aprenderem mais sobre as sagradas escrituras e sua relação com a igreja. Formados os grupos, a meditação ficou por conta de passagens que contextualizaram os temas do painel realizado em cada dia.

    O grupo Gênesis, liderado pelo Revdo. Abimael, da Diocese Anglicana do Rio de Janeiro, fazendo sua partilha da Palavra de Deus

    Na agenda do ENUJAB contou também diversas oficinas interativas, ilustradas por assessores que abordaram temas pertinentes a juventude e ao trabalho com as comunidades, os próprios participantes se inscreveram com antecedência para os temas propostos.

    Revdo. Jerry Andrei, da Diocese Meridional no workshop “Vocação”

    Revda. Marinez Bassotto, da Diocese Meridional, ministrando workshop “Liturgia”

    Revdo. Luiz Coelho, da Diocese Anglicana do Rio de Janeiro, preside oficina de Arte Sacra

    Integrantes da oficina de Arte Sacra, tem como missão confeccionar os paramentos da celebração de encerramento

    Professora Helena, trabalha os sentidos e auto-estima na oficina de Dança Cristã

    Na noite que antecedia o fim do encontro, a Livraria Anglicana teve seu espaço com auxílio do CEA (Centro de Estudos Anglicanos), que divulgou um novo lançamento, o livro “Life-Widening Mission” traduzido em língua portuguesa pelo Revdo. Luiz Coelho, “Missão que amplia a vida” o projeto em parceria com a Comunhão Anglicana, foi explicado e oficialmente lançado para os jovens numa perspectiva da juventude anglicana do mundo todo. Revdo. Josué Flores, da Diocese Anglicana de Curitiba também deu apoio ao trabalho da Livraria, divulgando um trabalho de sua autoria, “A Maternidade de Deus Segundo Juliana de Norwich”, livros estes, procurados e adquiridos pelo público.

    Revdo. Josué e Revdo. Luiz divulgam seus trabalhos em parceria com o Stand da Livraria Anglicana

    Débora Del Nero, integrante do GT Juventude, e da Diocese Anglicana de São Paulo, no lançamento do livro “Life-Widening Mission”

    Revdo. Luiz agradece ao Revdo. Pedro Triana, coordenador geral do CEA pelo trabalho de desenvolvimento da versão brasileira do livro





     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar