Londres: Líderes Religiosos Reafirmam Compromisso com a Superação da Violência Sexual 

A Consulta inter-religiosa, na qual o Primaz da IEAB esteve participando ontem e hoje em Londres, reuniu representantes de diversas partes do mundo e concluiu com uma Declaração de compromisso com a superação da violência sexual no contexto dos conflitos armados e em todas as sociedades em que o status das mulheres e meninas ainda é de subserviência. Dom Francisco foi convidado por Christian Aid e pela Coalizão Internacional  para participar da Consulta patrocinada pela Coalizão junto com a Secretaria de Assuntos internacionais do Governo do Reino Unido. A Aliança Anglicana, da qual faz parte o SADD (Serviço Anglicano de Diaconia e Desenvolvimento) e Christian Aid (parceiro do SADD) são ativos participantes da Coalizão e atuaram como assessores da Consulta.

Entre os diversos tópicos abordados tivemos a defesa dos valores de fé e dos direitos humanos; a superação da impunidade e promoção da justiça; apoio às sobreviventes de violência sexual; o envolvimento dos homens e jovens no enfrentamento da violência; e, processos de reconciliação e construção da paz. Na abertura da Consulta, tivemos a presença do Arcebispo de Cantuária, da ativista e atriz Angelina Jolie e do Secretário do Governo Britânico William Hague para assuntos de enfrentamento à violência sexual.Ao final do Encontro foi emitida uma Declaração de Mobilização das Religiões.

Dom Francisco foi escolhido para apresentar a plenária a Declaração Final, assumida integralmente pelos participantes. Entre os compromissos assumidos pelos participantes se destacaram:
1. Levantar vozes contra a violencia sexual em todas as circunstâncias e oportunidades;

2. Juntar esforços para evitar que meninas e mulheres, homens a rapazes estejam livres da ameaça de violência sexual em qualquer lugar do mundo;

3. Colocar-se em solidariedade com todas as pessoas afetadas por este tipo de violência;

4. Lutar para implementação de leis que protegem e promovem a justiça para pôr fim à violência sexual e outras formas de violência de gênero.
As religiões tem papel fundamental na construção de  sociedades que vivam inspiradas pela concepção de que todos os seres humanos são portadores de dignidade e que devem ser respeitadas independentemente de sua religião, situação sócio econômica, gênero e etnia. A vergonha da violência sexual precisa ser radicalmente eliminada e a impunidade para estes crimes deve radicalmente ser varrida de nossas sociedades.