Mensagem do Primaz para a Semana Internacional de Oração pela Paz na Palestina e Israel

Irmãos e Irmãs,
Vivemos um ano extremamente delicado nas relações entre Palestina e Israel. No meses de julho e agosto a ofensiva israelense em Gaza causou comoção internacional pela destruição de vidas humanas, de infra-estrutura e o isolamento completo do resto do mundo, através do fechamento de fronteiras. Por sua parte, movimentos armados palestinos, mesmo com força infinitamente inferior, buscavam atingir alvos civis em Israel, mantendo este conflito por longo tempo. Naquela ocasião, emiti uma mensagem apelando para que se fizessem orações para a cessação das hostilidades.
Vivemos nesta semana de 21 a 27 de setembro, a Semana Internacional de Oração pela Paz na Palestina e Israel. Uma forte mobilização ecumênica, encabeçada pelo Conselho Mundial de Igrejas, tem divulgado no mundo inteiro pedidos de oração para que os dois povos possam finalmente encontrar o caminho do diálogo, da paz e do reconhecimento mútuo como nações autônomas.
Este é um sentimento que nos motiva a colocar Palestinos e Israelenses em nossas orações por uma construção sólida de diálogo, de mútuo perdão e de mútuo esforço para alcançar a tão desejada Paz. Coincidentemente temos o inicio do Ano Novo judaico que traz consigo o significado de um recomeço de paz e de benção.

Que esta reverência tão forte ao novo tempo traga consigo também a inspiração para que a paz de Deus tome conta de nossas mentes e corações e que o SHALOM seja uma realidade palpável para os filhos de Abraão!

Paz para o Oriente Médio! Paz para Palestinos e Israelenses!
++Francisco
Primaz do Brasil