Posts Mentioning RSS Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • SNIEAB 15:30 on 28/01/2014 Permalink | Responder  

    DIOCESE ANGLICANA DA AMAZÔNIA: FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS POPULARES NA AMAZÔNIA 

     
    • Saulo Barros 8:53 on 30/01/2014 Permalink | Responder

      As inscrições ainda estão abertas e o curso iniciará dia 15 de fevereiro.

  • SNIEAB 15:20 on 28/01/2014 Permalink | Responder  

    Mensagem Ecumênica aos familiares das vítimas da tragédia de 27 de Janeiro de 2013 

    Acabamos de ouvir o toque dos tambores e dos sinos que evocam à nossa mente e aos nossos corações uma tragédia que se abateu sobre nossa cidade há um ano atrás. Hoje estamos reunidos aqui com igrejas e confissões religiosas para que a memória dos filhos e filhas de Santa Maria, sacrificados naquela madrugada, não seja apagada.

    O inesquecível 27 de janeiro de 2013, não tem como ser apagado em nossas memórias e nem da memória de Santa Maria, do Brasil e do mundo inteiro

    A tragédia ceifou a vida prematura de 242 jovens na sua tenra idade, cheios de vida, sonhos, utopias, planos de um futuro promissor, para o qual haviam se preparado, com tanta dedicação, esmero e eficiência, com o apoio de seus pais, familiares, professores e amigos.

    Como irmãos e irmãs de fé, nos identificamos com a dor individual de cada familia, mas também com a dor coletiva vivida por uma cidade inteira que parecia atônita, desorientada e triste.

    No meio de tanta dor, aprendemos destes jovens que não existe caminho de superação da dor e da saudade sem que nos tornemos conscientes de que a partilha e a comunhão é um dom de Deus para nos tornarmos mais humanos e mais solidários uns com os outros.

    Ao longo do ano rezamos juntos, celebramos mensalmente, cada vez em outra Igreja, fortalecendo-nos mutuamente na Fé, na Esperança e na certeza de que os jovens já se encontram na Casa do Pai, onde há muitas moradas. E lá vivem a vida plena que também está reservada a todos nós.

    Os sobreviventes daquela fatídica madrugada têm vivido também dores que não se pode mensurar, e a estes também temos elevado as nossas preces a Deus para que alcancem a plena superação e se fortaleçam na esperança e na luta pela justiça.

    Mesmo em meio à dor de tanta gente, a fé no Cristo Ressuscitado é o que nos dá forças para estar ao lado das famílias, ouvindo seus corações e fortalecendo a sua luta.

    Jesus, o Filho de Deus, que em nosso lugar sofreu tantas dores, nos oferece sempre a certeza de que não estamos sozinhos. Ele, que conhece plenamente a humanidade, é a garantia de que não somos abandonados e que o amor de Deus será sempre derramado em nossos corações. Nada, nem a vida, nem a morte nem nenhum poder espiritual ou temporal pode nos afastar do amor de Deus e isso nos é assegurado através de Jesus. (Rm 8.39)

    Foi esta força que nos manteve unidos para atender pastoralmente as familias e ao mesmo tempo animá-las na busca da verdade e da justiça.  Uma busca que continua e que será alcançada se nos mantivermos firmes na esperança e contando com aquele que é a manifestação da perfeita justiça de Deus, que intercede por nós  e que nos defende diante do mal.(1 João 2,1-2)

    Agora, resta-nos elevar nossas orações pelos jovens para que eles nos inspirem  na busca da verdade e no clamor por Justiça. Que a Justiça Humana, em todos os níveis, seja iluminada pela Justiça Divina, para fazer julgamentos justos, honestos e verdadeiros. Queremos inspirar-nos na sábia palavra de Jesus: “ e a Verdade vos Libertará”.

    Nossos filhos deixaram um primeiro GRANDE legado que nos remete a entender que devemos permanecer UNIDOS, juntos, lutando para que nossa sociedade abandone de vez projetos que banalizam a vida. Precisamos assumir com todas as nossa forças o exercicio de uma cidadania proativa que evite que novas tragédias se abatam sobre outros.


    Queridos pais e mães, não temos dúvidas que vocês foram iluminados pela dor, pela busca da verdade, pela saudade, pela esperança e pela palavra de Deus.  Não se deixem porém dominar pelo ódio. Busquem a verdade com corações serenos e providos pelos intensos sentimentos do amor. Se não for desse jeito a verdade não terá o gosto da verdade.

    Nossa fé comum no Deus da Vida nos anima a dizer-lhes: Jesus Cristo é capaz de entender cada pedacinho dessa doída saudade e, como Pai Amoroso, está presente para enxugar as suas lágrimas quando elas se derramam. Acreditem nisso.

    Em nossa sociedade ainda há muito que se fazer para valorizar a vida. Não podemos encarnar uma lógica do lucro fácil, da absolutização do individualismo, do amor às coisas e do uso das pessoas.  A vida digna precisa ser o centro e não o apêndice.

    Quando a dor for demais não se privem de fazer perguntas, não abafem a vontade de gritar, falem e não se calem, e depois disso se as lágrimas desceram por suas faces, não as impeçam e nem delas sintam vergonha. Permaneçam perto de Deus. Ele é o porto mais seguro para todos nós. Com Deus em nossos corações estamos absolutamente amparados

    Recebam o nosso abraço de carinho, de consolo e nosso compromisso de estarmos sempre prontos a apoiá-los sacramentalmente como ovelhas do rebanho de Cristo. A cerimônia dos tambores nos lembra convocação para a luta pela justiça e pela verdade. Os sinos nos evocam a necesidade de estarmos em comunhão com Deus e buscarmos a iluminação espiritual para seguirmos adiante. Luta sem espiritualidade é apenas luta. Luta com espiritualidade é certeza de vitória!

    Aos nossos filhos pedimos perdão porque a nossa sociedade não os respeitou. Mas que eles estejam certos de que não deixaremos de lutar para que isso jamais aconteça de novo.

    Que o amor de Deus nos una; que a coragem de Deus nos sustente. Que a alegria de Deus nos inspire e que a paz de Deus nos envolva!

    Praça Saldanha Marinho,

    Santa Maria, 27 de Janeiro de 2014

    Dom Francisco de Assis da Silva, Bispo Primaz – Igreja Episcopal Anglicana do Brasil

    Pastor Elmar Regauer – Igreja Evangélica Luterana do Brasil

    Padre Gilberto B. Da Cunha – Igreja Católica Apostólica Romana

    Irmã Lourdes Dill, FDC – Igreja Católica Apostólica Romana

    Pastor Reinoldo G. Neumann – Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

    Pastor Mateus Schmidt – Igreja Evangélica Luterana do Brasil

    Pastor Jaderson Maretolli – Templo Restauração

    Adherbal Ferreira – Igreja Católica Apostólica Romana e AVTSM.

    Teólogo Flávio Weiss – Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

     
  • SNIEAB 16:39 on 24/01/2014 Permalink | Responder  

    Missionárias Integram Equipe da Secretaria Geral da IEAB 

    Na manhã dessa sexta-feira (24), o Secretário Geral, Reverendo Arthur Cavalcante, recebeu no escritório de São Paulo, as missionárias Monica Vega e Heidi Schmidt para apresentar e integrar a Equipe Provincial formada por Sílvia Fernandes (Assistente Financeira) e Rev. Ivan Vieira (Assistente da Secretaria).

    O Reverendo Arthur afirma que  ” Monica e Heidi são missionárias de TEC há aproximadamente 10 anos são apoiadas também pela Diocese de Virginia e pela St Stephen’s Episcopal Church nos trabalhos com as igrejas anglicanas na África”.  O Secretário acrescenta sobre como iniciou esse contato: “Conheci a Monica na Conferencia Missionaria de TEC ocorrido no Colorado em 2011. Ela foi uma das palestrantes oficiais do encontro e me impressionou seu trabalho e entusiasmo pela missão. Foi lá que surgiu meu convite para vir trabalhar conosco na IEAB, à princípio pensando especificamente no Distrito Missionário Anglicano. Ficamos em um período de discernimento de aproximadamente um ano e meio sobre esse assunto”.

    Após um período de um ano e meio sobre essa possível parceria os contatos foram se firmando: “Monica esteve no Brasil em 2012 e depois em abril de 2013 acompanhada por Heidi, para conhecer um pouco melhor a nossa realidade. Foram ao Distrito Missionário, a Diocese de Brasília e igualmente em nossa igreja em São Paulo. Tanto o Bispo Primaz e o Secretário Geral tiveram a oportunidade de reunirem-se com as missionárias para tentar discernir melhor e objetivamente o trabalho delas no Brasil. A partir de então, sentimos de ambas as partes que a parceria de trabalho poderia ser possível e enriquecedora”, afirmou o Rev. Arthur.

    Em 04 de junho de 2013, o Conselho Executivo do Sínodo (CEXEC) decidi apoiar a iniciativa que contou com a importantíssima colaboração da Diocese Anglicana de São Paulo. Desde então, Monica e Heidi se preparam para iniciar o processo de mudança para São Paulo. Durante 3 meses estiveram internas no CENFI, em Brasília. Igualmente estiveram presentes no 32º Sínodo onde puderam trabalhar na Equipe da Secretaria Geral e igualmente aprofundar seus contatos com as principais lideranças da Igreja Anglicana.

    Sobre o papel dessa dupla de missionárias, o Reverendo Arthur afirma que elas: ” irão rearticular os trabalhos missionários em nossas dioceses e em especial, no Distrito Missionário. Elas trabalharão no escritório da SG em São Paulo, mas com visitas periódicas nos locais de missão e/ou articulações paralelas com as Dioceses Missionárias, sem perder de vistas, o campo de missão na DASP, a diocese hospedeira. Entendemos que elas têm uma grande experiência em campos in locu de missão, e seria interessante aproveitá-las no escritório para nos ajudar na rearticulação do GT Missão, antigo Departamento de Missão. Elas estariam focadas nos trabalhos missionários, sempre em conexão com a SG/CEXEC/DIOCESES, buscando apoio e trazendo visibilidade dentro e fora da IEAB”.

    Saibam mais sobre nossas missionárias através do vídeo produzido pela St. Stephen’s Parish.

     
  • SNIEAB 8:57 on 08/01/2014 Permalink | Responder
    Tags: , , CEBS   

    Carta ao 13º Intereclesial das CEBS 

    Santa Maria, 07 de Janeiro de 2014

    Queridos Irmãos e Irmãs

    A Igreja Episcopal Anglicana do Brasil celebrou seu XXXII Sínodo em novembro passado conspirando para o fortalecimento de uma espiritualidade que impulsione as pessoas de fé para a missão profética de revelar o Reino de Deus e a misericórdia divina a todos os povos, dando testemunho e se preciso, de acordo com São Francisco, também falando.

    Neste espírito saudamos o 13° Intereclesial das Comunidades de Base com os votos de que os ventos da profecia impulsionem os cristãos brasileiros a assumirem com coragem a bandeira da transformação da sociedade sob a inspiração do Evangelho de Cristo que “é boa nova de salvação a todos os povos” (Lc 2,10)

    Diante de uma sociedade que está construída sobre a lógica perversa do lucro e da mercantilização da natureza e das pessoas, precisamos viver a fé com autentica alegria e firmeza necessária. Aliás, o papa Francisco muito venturosamente declara isso em sua primeira exortação apostólica. Que a nossa vida de fé traduza o sentimento do salmista que diz: Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração (Sl 40:8).  É preciso afirmar o amor de Deus especialmente voltado para aqueles que sofrem as consequências do pecado estrutural.

    Para além da democracia formal e das instituições políticas nesta ainda tão nova democracia brasileira, é preciso fortalecer o povo e a organização popular, pois uma sociedade ciente dos seus direitos à dignidade têm a força da transformação.

    Sinto-me alegre porque vemos novos ventos em nossas Igrejas. Em Roma e em Cantuária escutamos sinais de que precisamos ir além da simples confessionalidade. Nas esferas ecumênicas assistimos uma crescente preocupação com a Justiça e a Paz.  Precisamos anunciar que a salvação não é algo apenas pessoal, privado, individualista. A salvação deve ser encarnada com um claro compromisso com a humanidade, esta mesma humanidade assumida pelo Emanuel, Deus conosco. A salvação oferecida por Deus graciosamente a todas as pessoas tem profunda imbricação na História, apontando para uma sociedade que supere todas as formas de injustiça.

    Que o Espírito Santo inspire cada irmão e irmã durante este Intereclesial e que os laços fraternos e ecumênicos saiam fortalecidos

    “para transformar os reinos deste mundo no reino de Nosso Senhor Jesus Cristo” (Oração Eucarística do Livro de Oração Comum Anglicano)

    Com meu abraço e orações,

    ++ Francisco de Assis da Silva

    Primaz do Brasil e Diocesano em Santa Maria


     
  • SNIEAB 16:38 on 04/01/2014 Permalink | Responder
    Tags: CESEEP, ECUMENISMO IGREJA ANGLICANA   

    Participação da IEAB no Curso do CESEEP 

    O Centro de Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular (CESEEP) está promovendo a edição nº 27 do Curso de Verão, entre os dias 04-12 de janeiro, no Campus da PUC/SÃO PAULO. O tema para 2014 é “Juventudes em foco: Por políticas públicas inclusivas em trabalho, educação e cultura”.

    Participaram da Celebração de Abertura o Bispo Flávio Irala (membro da COMISSÃO DE RELAÇÕES ECUMÊNICAS- CONIC, CLAI, CMI, INTERRELIGIOSA)  e o Secretário Geral da IEAB, Reverendo Arthur Cavalcante que trouxe uma saudação do Bispo Primaz Dom Francisco de Assis. Estava presente também o Ministro Leigo Paulo Portelada da Diocese Anglicana de São Paulo e presença já consagrada do músico Xico Esvael.

    O Secretário destacou em sua fala que a IEAB tem uma importante dívida com o CESEEP pois muito de seus seminaristas, leigos e clérigos passaram pelos Cursos desta instituição ecumênica.Destaca-se o testemunho da Paróquia da Santíssima Trindade pelas acolhida aos cursistas de todo o país e estrangeiros em casas/apartamentos de seus paroquianos e paroquianas  e igualmente possibilitado palestras sobre a Igreja Episcopal. O intuito é que outras comunidades episcopais abram suas portas e igualmente apoiem a participação de seus fiéis.

    O padre José Oscar Beozzo, liderança do CESEEP, destacou o importante papel de parceria com a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil sempre presente dos encontros e assembléias do Centro. Bispo Flávio destacou a participação da Juventude na transformação das estruturas injustas do país e que a mesma deve agregar sempre  o amor em seus trabalhos e ações. O bispo da DASP estará participando e dando uma palavra no dia 05 na Tenda sobre Música/Liturgia dirigida pelo Xico Esvael.

    Para acompanhar o Curso de Verão ao Vivo basta acessar o link ou adquirir mais informações através do  faceboock.

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar