Posts Mentioning RSS Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • SNIEAB 9:11 on 29/11/2013 Permalink | Responder
    Tags: , , Igreja Anglicana Recife, Reverendo João Cancio Peixoto   

    Sagração do Bispo da Diocese Anglicana do Recife 

     
    • clovisa erly rodrigues 17:10 on 05/12/2013 Permalink | Responder

      Que as mais ricas bênçãos de Deus desçam sobre vós e vossa familia.Que sob vosso báculo ,no amor de Deus e pela sua graça, a familia diocesana seja reunida e animada no Santo Serviço do Senhor. Dom Clovis Erly Rodrigues (segundo bispo de Recife ).

  • SNIEAB 11:06 on 28/11/2013 Permalink | Responder
    Tags: , ,   

    MENSAGEM DE ADVENTO DO PRIMAZ DA IEAB 

    Santa Maria, 28 de Novembro 2013

    E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono;

    porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé.

    Romanos 13:11

    Aos Irmãos e Irmãs,

    Bispos, Clero e Laicato de nossa IEAB

    Graça e Paz!

    Neste domingo vivenciaremos o começo de uma estação litúrgica muito especial para a Igreja: o Advento. Nada mais apropriado para nossa IEAB nestes tempos nos quais reunimos em Sínodo e traçamos caminhos cheios de sonhos para fortalecer a nossa identidade de uma Igreja que adora e serve.

    Se pudéssemos definir em termos de sentimento o que nos move neste instante como Província eu diria que vivemos um rico momento de escuta. Escuta da vontade de Deus para nossa Igreja. Escuta do chamado do Espírito para que experimentemos a comunhão das vontades divina e humana. Escuta de uns pelos outros, num imenso e contínuo Indaba.

    A experiência recente da espiritualidade do labirinto nos ensinou que antes de nos preocuparmos em oferecer as nossas cosmovisões, precisamos calar a alma, ouvir a voz de Deus e a voz das pessoas que caminham ao nosso lado. A simbologia do Advento aponta para uma coroa perfeitamente circular, sem começo nem fim, apontando para a eternidade de Deus e para a nossa também. O símbolo do labirinto também é circular, significando que nosso caminhar representa o ir e vir, sem nada que impeça o caminho. Nesse caminhar  somos transformados e saímos alimentados para servir ao mundo.

    Que nossa IEAB continue sabiamente caminhando na circularidade da meditação, da escuta e do fortalecimento de nosso amor. Que cada vela que for acesa em nossas liturgias de Advento aumente a nossa compreensão e visão da vontade de Deus. E quando o Menino Deus chegar e a luz plena for acesa em nossos corações, possamos dizer como o profeta Simeão: pois já os meus olhos viram a tua salvação!

    Um abençoado Advento ao povo anglicano de nosso país!

    ++ Francisco de Assis da Silva

    Primaz do Brasil e diocesano Santa Maria

     
  • SNIEAB 10:59 on 26/11/2013 Permalink | Responder
    Tags: , , Religião e Violência de Gênero   

    Primeiro Pronunciamento do Novo Bispo Primaz: “[…] assumimos o compromisso profético de denunciarmos a injustiça, a opressão e a violência […]“ 

    Santa Maria, 25 de novembro de 2013.

    Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres.

    Tu vens, tu vens. Eu já escuto os teus sinais. (Alceu Valença).

    Queridas irmãs, queridos irmãos, clero e laicato de nossa amada IEAB: Graça e Paz!

    A IEAB e a Campanha dos 16 Dias de Ativismo

    pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

    Aproximando-nos do Advento, Tempo de Preparação para celebrarmos o Mistério da Encarnação do Deus que se fez criança, nascida de Mulher e veio habitar conosco. Este é um tempo de renovação de nosso compromisso com os valores do Reino amoroso de Cristo, como o celebramos neste domingo. A Câmara dos Bispos se manifestou recentemente em nosso Sínodo reafirmando a tarefa primordial da Igreja nos seguintes termos: A Igreja está no mundo e sua tarefa é ser fermento, luz e sal em meio à sociedade para que se dissipem as trevas e Cristo nos revele o Reinado de Deus.” Fiel e este mandato, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil tem assumido, através do seu Serviço Anglicano de Diaconia e Desenvolvimento (SADD), a necessária e urgente tarefa de promover ações de prevenção e enfrentamento à violência contra as mulheres, por entender que este pecado aflige a Deus em seu próprio Corpo.

    Reafirmando nossa fé em Deus Pai e Mãe que ama, acolhe, protege, assumimos o compromisso profético de denunciarmos a injustiça, a opressão e a violência, e anunciarmos a vida plena de dignidade para todas as mulheres, assim como para todas as pessoas, de todas as gerações, em sua diversidade étnico-racial e de identidades de gênero.

    Por esta razão, enquanto Província da Comunhão Anglicana, temos assumido o compromisso com a Campanha Mundial dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

    Há 22 anos, numa reunião do Center for Women’s Global Leadership – CWGL, 23 mulheres de diferentes países, deram início a Campanha dos 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Os 16 dias compreendem:

    • dia 25 de novembro - declarado pelo I Encontro Feminista da América Latina e Caribe, em 1981, como o Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres.
    • dia 1º de dezembro Dia Mundial de Luta contra a Aids – declarado pela Assembleia Mundial de Saúde com o apoio da ONU, e, consequentemente, Dia de Enfrentamento ao Fenômeno da Feminização da Aids.
    • dia 06 de dezembro, Campanha Laço Branco – Homens pelo Fim da Violência contra a Mulher, iniciada em 1989, a partir do assassinato de 14 jovens mulheres por serem estudantes de engenharia no Canadá, algo inadmissível ao assassino Marc Lepine. Uma oportunidade especial para nós homens dizermos que não compactuamos com esta violência e nos irmanarmos pela não violência contra as mulheres.
    • dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, para celebrar a publicação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, em 1948, pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

    Aqui no Brasil, em alguns lugares a Campanha inclui também o Dia 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra, para nos chamar a atenção a um fato agora comprovado estatisticamente: As Mulheres Negras são vítimas de mais de 60% dos assassinatos de mulheres no país, conforme pesquisa recente do IPEA.

    Enquanto discípulas e discípulos de Jesus Cristo que somos, queremos assim sermos reconhecidas/os por ações amorosas de serviço às pessoas. Reafirmemos nosso compromisso profético de diaconia social e política: Que nossas dioceses e comunidades locais reflitam, orem e realizem atividades especiais nestes dias somando-nos assim às iniciativas semelhantes em várias parte da Comunhão Anglicana.

    Vamos na Paz de Cristo, tenhamos coragem e força no testemunho do Evangelho entre

    todas as pessoas, e sirvamos a Deus, Pai e Mãe, com alegria!

    No poder do Espírito Santo! Amém!

    Fraternalmente,

    Vosso Irmão e Primaz

    ++ Francisco de Assis da Silva

     
  • SNIEAB 10:18 on 21/11/2013 Permalink | Responder
    Tags: , Carta Pastoral 2013 ieab   

    Carta da Câmara dos Bispos da IEAB SÍNODO 2013 

    CARTA PASTORAL DA CÂMARA DOS BISPOS
    DA IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL

    Perseverai no amor fraterno! (…) O Deus da paz, que ressuscitou dos mortos o grande pastor das ovelhas no sangue do eterno testamento,  o Nosso Senhor Jesus, vos disponha para todo bem, para fazerdes a sua vontade, cumprindo em vós o que é agradável em sua presença, por Jesus Cristo, para quem seja a glória pelos séculos dos séculos. Amém. (Hb 13:1, 20-21)

    Queridas irmãs, queridos irmãos, clero e laicato de nossa amada IEAB, por motivo da missão que nos incumbe como bispos da Igreja de Deus, temos a alegria de saudar a todas e todos com a paz de Cristo. Sejamos bem vindas e bem vindos a esta 32a. Assembleia Sinodal, ocasião privilegiada de reencontro de todas as regiões do país, celebração maior de nossa unidade fraterna.

    Sínodo é fazer caminho em conjunto, é convergir e querer prosseguir em conjunto no caminho da Missão. Cada vez mais com o compromisso de partilhar o mesmo pão, vivenciando o companheirismo, que quer dizer “com-pão”, pão comum. Não é isto mesmo o sacramento maior de nossa fé?

    Como lideranças da Igreja, temos o desafio de fazer brilhar a unidade na legítima e sadia diversidade tendo em conta a firme regra das relações na Igreja de Cristo: “Nas coisas secundárias, liberdade; no essencial, unidade; em tudo, porém, caridade, para que não saiamos do amor, para não sairmos de Deus”.

    1. Boas Novas que brotam do chão da vida

    Desde o últimos Sínodo, “grandes coisas tem operado o Senhor em nosso favor”, mesmo em meio da nossa precariedade e do pecado que nos limita.

    - O Distrito Missionário tem sido um sinal claro do compromisso missionário da Igreja.

    - O Serviço Anglicano de Diaconia e Desenvolvimento (SADD) tem sido um sinal claro do compromisso da Igreja com o serviço ao mundo.

    - A transferência da sede provincial para São Paulo, aprovada pela Câmara dos Bispos e pelo Conselho Executivo, representa o anseio de maior eficácia do serviço da Igreja.

    - As Áreas Provinciais estão se consolidando mais e mais.

    - A eleição de novos bispos aponta para o caminho da renovação das lideranças da Igreja. Inclusive como parte deste processo, o Sínodo elegerá um novo bispo para a Igreja.

    - A JUNET tem trabalhado intensamente na nova proposta de estrutura da educação teológica da Província, buscando fortalecer nossa identidade eclesial.

    - A IEAB continua afirmando seu compromisso interanglicano e ecumênico, e marcando sua presença nas instâncias da sociedade civil.

    - Esse testemunho é corroborado por tantos admiráveis gestos escondidos, de generosidade, dedicação, fé, esperança e amor, na vida de inumeráveis irmãos e irmãs em nossas comunidades.

    Por todas estas vitórias da Cruz, demos graças a Deus!

    2. Grandes Desafios

    A Missão de Deus nos desafia. A Igreja está no mundo e sua tarefa é ser fermento, luz e sal em meio à sociedade para que se dissipem as trevas e Cristo nos revele o Reinado de Deus.

    - A realidade social, política, cultural e religiosa se acha em acelerado  ritmo de mutação. Diante disto, escutamos o chamado para testemunhar a presença de Cristo no mundo.

    - Sabemos também que há um consenso em toda a Igreja da necessidade de adequar nossa Constituição e Cânones à realidade que vivemos. Por isso comprometemo-nos a produzir uma profunda discussão sobre o assunto, mediante um processo que envolva todas as instâncias da Igreja, culminando num Sínodo Extraordinário Constituinte.

    - Entre os muitos desafios teológicos, pastorais, canônicos e organizacionais, chama-nos a atenção a questão da união de pessoas homoafetivas. Diante disso, a Câmara dos Bispos já se manifestou duas vezes, por meio de cartas pastorais, nas quais se afirmou a legitimidade, seriedade e relevância pastoral do tema. Também ao longo dos últimos anos, diversos materiais foram produzidos. O que nos falta é um processo de reflexão pastoral amplo, que envolva todas as instâncias, oferecendo a oportunidade de que o tema seja apropriado, refletido e decidido desde a base da Igreja.

    3. Nossas Esperanças

    Que este Sínodo seja pleno da consciência de que só cumpriremos nossa missão de mãos dadas, numa  caminhada em que leigos e leigas, clérigos e clérigas, e bispos assumamos nossa responsabilidade como dispenseiros e dispenseiras da fé.

    Que, além de ser uma assembleia organizacional, este Sínodo seja, sobretudo, a vivência autêntica do Corpo de Cristo, que, composto por diversos membros, ora, reflete e atua em sincronia e comunhão.

    Que a Trindade Bendita nos guie e ilumine na caminhada!

    Rio de Janeiro, 15 de novembro de 2013, A.D

    Dom Maurício Andrade Bispo Primaz e Brasília

    Dom Naudal Alves Gomes Curitiba

    Dom Filadelfo Oliveira Rio de Janeiro

    Dom Saulo Maurício de Barros Belém

    Dom Renato da Cruz Raatz Pelotas

    Dom Francisco de Assis da Silva Santa Maria

    Dom Humberto Maiztegui Porto Alegre

    Dom Flavio Irala São Paulo

    Dom Clóvis Erly Rodrigues Emérito

    Dom Almir dos Santos Emérito

    Dom Jubal Pereira Neves Emérito

    Dom Celso Franco de Oliveira Emérito

    Dom Orlando Oliveira Emérito

    Dom Sebastião Armando Gameleira Soares Emérito

     
  • SNIEAB 17:27 on 18/11/2013 Permalink | Responder
    Tags: , , Sínodo Geral   

    32º Sínodo da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil 

    Ocorreu entre os dia 14 a 17 de novembro de 2013, na Casa Assunção, bairro de Sta. Teresa, na cidade do Rio de Janeiro o 32º Sínodo da IEAB. Estiveram presentes 56 delegados e delegadas das 9 Dioceses e do Distrito Missionário de todo o Brasil, representantes da UMEAB Diocesanas, visitantes ecumênicos e a equipe de trabalho, totalizando 90 pessoas.

    A abertura solene do Sínodo ocorreu na noite da quinta-feira com a participação do Chefe de Operações da The Episcopal Church (Igreja Episcopal dos Estados Unidos), Bispo Stacy Sauls, que veio especialmente atendendo o convite do Bispo Dom Maurício Andrade. Bispo Stacy ressaltou a importância da Igreja do Brasil como parceira da Igreja Americana. Por fim, foi lida a Carta de Saudação do Arcebispo de Cantuária, Sua Graça Justin Welby. Ele destacou o trabalho do Bispo Primaz e trouxe sua solidariedade a IEAB nos episódios ocorridos na Diocese Anglicana do Recife e na Diocese Anglicana de São Paulo e reafirmou os laços com a Comunhão Anglicana. Igualmente confirmou sua visita ao Brasil em 2014.

    Na sexta-feira, no Ofício Matutino, foi lida a Carta Pastoral da Câmara dos Bispos trazendo as diretrizes  para o Povo e Clero da IEAB. Logo após a abertura da 1a. Sessão Sinodal, ocorreu a divisão das Câmaras de Bispos e de Clérigos e Leigos (CCL) para iniciar os trabalhos com suas respectivas Agendas. A CCL elegeu o seu novo Presidente, Sr. Fernando Hallberg Luiz, da Diocese Sul-Ocidental. Logo após a eleição, a CCL enviou comunicado a Câmara dos Bispos sobre a eleição do Presidente.

    A Câmara dos Bispos igualmente esteve reunida paralelamente contando com a presença do Bispo Stacy. A Câmara comunicou a notícia para a CCL da escolha do Custódio do Livro de Oração Comum, a Reverendíssima Marinez Bassotto, Deã da Catedral Nacional. Pela primeira vez na História da Comunhão Anglicana, uma mulher é escolhida para ser Custódio do Livro de Oração.

    As Câmaras voltam a se reunir em Sínodo para ouvir os Relatórios do Bispo Primaz Dom Maurício Andrade e do Secretário Geral Reverendo Arthur Cavalcante sobre atividades e finanças. Tanto o Bispo Primaz como o staff da Secretaria Geral receberam uma Moção de Agradecimento do Sínodo “[…] pelos serviços e dedicação […]” . Os trabalhos foram encerrados com um Ofício Religioso na Paróquia de São Paulo Apóstolo.

    No sábado (16) as delegações puderam trazer suas avaliações e recomendações sobre os mais de 30 Relatórios das Comissões, Cargos e Grupos de Trabalho da IEAB.

    O Sínodo Geral convocou oficialmente um Sínodo Extraordinário para Reforma Canônica que ocorrerá no Distrito Federal, em 2015. Outra decisão importante foi a aprovação de alteração do interregno sinodal de 3 para 4 anos. A plenária também acolheu nesse mesmo dia as recomendações dos INDABAS e parabenizou o trabalho realizado pelo Centro de Estudos Anglicanos (CEA).

    Durante as atividades da tarde as delegações elegeram o novo Bispo Diocesano da Diocese Anglicana do Recife, o Reverendo João Câncio Peixoto Filho. A Sagração já foi anunciada para o dia 14 de dezembro, na Catedral Anglicana da Santíssima Trindade.

    As eleições prosseguiram agora para escolha do novo Primaz. Dois candidatos participaram desse importante momento, a saber: Dom Naudal Alves Gomes (Diocese Anglicana de Curitiba) e Dom Francisco de Assis da Silva (Diocese Sul-Ocidental). Após o primeiro escrutínio e início do segundo, a IEAB aclamou Dom Francisco o 8º. Bispo Primaz.

    O Reverendo Arthur Cavalcante foi reconduzido para o serviço na Secretaria Geral da IEAB. O novo Conselho Executivo do Sínodo (CEXEC) passa a ser: BISPOS-Dom Maurício (DAB), Dom Flavio (DASP) e Dom Renato (DAP); CLÉRIGOS- Reverendo Paulo Duarte (DM), Reverenda Ana Maria (DSO) e Reverendo Marcos Barros (DAA), LEIGOS- Daniele Alzeman (DARJ), Cláudio Martins de Sousa (DAR) e Wesley Vergara (DAC).

    A Celebração de Encerramento ocorreu na Catedral Anglicana do Redentor, no bairro da Tijuca, com uma Solene Cerimônia Eucarística. O novo Primaz foi oficialmente foi instalado. A Nova Diretoria da UMEAB (União de Mulheres Episcopais Anglicanas do Brasil) foi empossada para a gestão de 2013-2017: Sra. Christina Wnnischofer (DASP), Sra. Magali Kimpara (DASP), Sra. Odete Curtz Carvalho (DM), Sra. Vera Lúcia Silva (DSO), Sra. Beth Teixeira (DAA) e Sra. Sueli Santana (DAB).

    Um momento muito especial foi as homenagens para Dom Maurício Andrade   pelos serviços prestados na Primazia durante 7 anos. Dom Maurício prossegue no pastoreio da Diocese de Brasília. A Secretaria Geral da IEAB agradeceu ao bispo emérito Dom Edmund Knox Sherrill, sagrado em 1959, inaugurando na entrada da Catedral, um placa em sua homenagem. Por fim, agradeceu a acolhida oferecida pela Diocese Anglicana do Rio de Janeiro a Igreja Nacional.

    Um grande destaque foram os momentos de espiritualidade litúrgica promovidos pela Capelania do Sínodo e a utilização do Labirinto dos INDABAS. Foram utilizadas as orações que farão parte do novo Livro de Oração Comum. Um Ícone Pantocrator (Jesus Cristo) foi especialmente escrito (criado/pintado) a partir dos serviços religiosos.

    ACESSE MAIS FOTOS: NINA BOE

    ACESSE MAIS FOTOS: HEIDI SCHMIDT

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar