INDABA 1 (Rio Grande do Sul): Diálogos Rumo ao Sínodo da IEAB 

Inspirados pelo tema UNIDADE e COMUNHÃO, os delegados sinodais da Área I (Diocese Sul Ocidental, Diocese Anglicana de Pelotas e Diocese Meridional) estiveram reunidos no último fim de semana na cidade de Santana do Livramento para dialogar sobre missão, serviço e comunhão rumo ao XXXII Sínodo da IEAB. Esta foi a primeira das três experiências regionais (atualmente as Dioceses da IEAB estão agrupadas em 3 três áreas: I (DSO, DAP, DM), II (DAC, DASP, DARJ) E III (DAB, DAR, DAA e DISTRITO MISSIONÁRIO) que serão vivenciadas até setembro e que produzirão importantes subsídios para a reunião sinodal.

O Centro de Estudos Anglicanos (CEA) expressa com clareza sua justificativa para os encontros de INDABA nesse momento da Igreja: Tendo em conta que o próximo Sínodo foi adiado para novembro 2013; e tendo também em conta a conjuntura atual da IEAB, se faz necessário, pertinente e relevante refletir sobre o nosso sentido de missão, identidade, unidade e comunhão, assim como também sobre as perspectivas e desafios da formação teológica na IEAB para os próximos 4 anos. Assim sendo, consideramos que o CEA poderia oferecer uma contribuição na preparação para o Sínodo, assim como também durante o Sínodo e pós-Sínodo sob a temática geral de: UNIDADE E COMUNHÃO. (Justificativa- Folheto do CEA 2013)

A iniciativa, recomendada pela Câmara dos Bispos e Conselho Executivo, está sendo coordenada pelo Centro de Estudos Anglicanos – CEA e usa uma metodologia que se inspira na cultura africana. Esta metodologia, chamada de INDABA – palavra africana que significa roda de diálogo, permite que os participantes, em condições de igualdade e liberdade de expressão partilhem seus pontos de vista na busca de consensos para o bem comum. Estiveram presentes os bispos diocesanos e suas respectivas delegações ao Sínodo, dois bispos eméritos, representantes das mulheres e juventudes, bem como lideranças diocesanas. A metodologia incluiu vivências devocionais, leitura da Palavra e a experiência do labirinto. Nesta última, os participantes eram estimulados a fazer o caminho da transformação, através da meditação, e é uma ferramenta que se encontra praticamente em todas as tradições religiosas do mundo. No domingo, antes da plenária final, foi celebrada solene eucaristia, presidida por dom Francisco e co-celebrada por todos os bispos presentes. A diocese Sul Ocidental acolheu carinhosamente os participantes e o sentimento geral dos participantes foi de uma rica experiência de comunhão e franca conversação sobre os desafios da Missão.

Destaque-se também a participação da delegação da Diocese do Uruguai, diocese companheira, que sempre tem partilhado o caminhar da missão com as dioceses da Área I. Funcionaram como facilitadores do processo dom Humberto Maiztegui e o reverendo Pedro Triana, ambos representando a coordenação do CEA. Dentro da metodologia do INDABA se usou a ferramenta do VER-JULGAR-AGIR, e todos os participantes – 37 ao todo – foram estimulados a oferecer suas contribuições. As conclusões dessa etapa serão somadas às conclusões dos indabas das outras duas áreas e sistematizadas para aportarem no Sínodo, em novembro.

ACESSE AO SERMÃO DE ENCERRAMENTO DO INDABA 1 REVERENDO DR. PEDRO TRIANA6to Domingo depois de Pentecostes – INDABA – Livramento – 2013-1

PRÓXIMO INDABA entre os dia 05-07 de julho. LOCAL: Brasília com toda a delegação da Área 3 (Diocese Anglicana de Brasília, Diocese Anglicana do Recife, Diocese Anglicana da Amazônia, Distrito Missionário Anglicano).

Por Dom Francisco de Assis

Bispo da Diocese Sul Ocidental