Deão Flávio Irala é o Bispo Eleito da Diocese Anglicana de São Paulo

ELEIÇÃO EPISCOPAL NA DASP

No fim da manhã do dia 08 de setembro de 2012, a Diocese Anglicana de São Paulo (DASP) elegeu o Reverendíssimo Flávio Irala, o 6º Bispo da sua história.

Foram apresentados dois candidatos a saber, o Reverendo Francisco César Fernandes (atual Reitor da Paróquia de São João, no bairro de Pinheiros/São Paulo) e o Reverendíssimo Flávio Irala (Deão da Catedral de São Tiago, em Curitiba/PR).

Na noite anterior,  no dia 07 de setembro, os delegados e delegadas participaram de um momento de maior aproximação e de conhecimento dos candidatos através de uma rodada de perguntas.

No dia seguinte teve início ao Concílio Extraordinário, no Centro de Formação Sagrada Família (bairro do Ipiranga), com a Celebração Solene da Santa Comunhão, presidida pelo Bispo Diocesano Dom Roger Douglas Bird, acompanhado pelos candidatos e por clérigos diocesanos e contando com a presença dos delegados e delegadas conciliares.

Posteriormente, seguindo as normas canônicas e da agenda prevista, às 10 horas, ocorreu a abertura formal dos trabalhos. A Câmara dos Clérigos e a Câmara dos Leigos puderam votar em urnas separadas.  O resultado final foi alcançado já no 1º Escrutínio por maioria dos votos a favor do Reverendíssimo Flávio Irala.

O cântico do Gloria in Excelsis foi entoado por todos os presentes cumprindo uma velha tradição da Igreja. Logo após, os candidatos tiveram a oportunidade de  fazer os seus agradecimentos e suas declarações de apoio pastoral ao Povo e ao Clero no fortalecimento da unidade de toda a DASP.

Uma vez que a Diocese Anglicana de São Paulo elegeu o seu bispo, agora o processo deverá seguir os passos previstos nos Cânones Gerais da IEAB sobre Eleições Episcopais e aguardar o pronunciamento formal de toda a Província.

BREVE HISTÓRICO DA CAMINHADA DO NOVO BISPO ELEITO

Por Xico Esvael

Reverendíssimo Flávio Augusto Borges Irala, 58 anos, atual Deão da Catedral Anglicana de Curitiba, nasceu em Bagé-RS, onde foi batizado e confirmado na Igreja Episcopal Anglicana do Brasil. Ao longo de sua vida tem testemunhado sua fé em Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, prestando relevantes serviços na IEAB.

No início dos anos 70, exerceu significativa liderança junto à juventude da Diocese Sul Ocidental. Destacando-se o seu primeiro trabalho como compositor e músico para uma Celebração Litúrgica que tinha como objetivo renovar a hinologia e acolher os jovens através de uma linguagem que os identificasse, poética e musicalmente. Este ofício eucarístico, realizado na Matriz do Crucificado, Bagé, teve como Celebrante o Rev. Joaquim Teixeira Guedes e pregador o Rev. Orlando Santos de Oliveira, atual Bispo da Diocese Meridional em Porto Alegre. Este fato marcou definitivamente a carreira do Rev. Flávio, que o tornou reconhecido como uma autoridade na hinologia contemporânea.

Nos primeiros anos de aprendizado e serviços missionários na Diocese Sul Ocidental, participou de Concílios e vários Encontros Missionários Diocesanos, a destacarem-se os Eventos Artísticos Evangelísticos, realizados em Escolas Públicas e da própria Diocese que suscitou novos membros para a IEAB, sendo que alguns deles seguiram carreira sacerdotal tornando-se clérigos.

Ainda em meados dos anos 70 transferiu-se para o Rio de Janeiro onde passou a servir na Paróquia do Redentor, sob a orientação pastoral do Rev. Celso Franco de Oliveira, atualmente Bispo aposentado daquela Diocese. Na capital fluminense, continuou compondo e exercendo liderança paroquial e diocesana.          Após alguns anos, mais precisamente em 1979, atendendo a convite transferiu-se para São Paulo, ingressando como aluno no Instituto Anglicano de Estudos Teológicos, onde se bacharelou. Na capital paulista, enquanto estudava, engajou-se nos movimentos missionários realizados pela Diocese, como os Encontros do Povo de Deus, Encontro de Treinamento de Líderes, Encontros da Juventude, da gravação daquele que viria a ser o primeiro disco (vinil) da IEAB, intitulado Vitral, com a participação dos jovens do coral da Paróquia da SS. Trindade e Encontros da Família Anglicana. Destaca-se também sua contribuição e participação no livro de partituras dos novos hinos e canções da IEAB: O Novo Canto da Terra, editado pelo IAET sob a coordenação do Rev. Jaci Maraschin.          Após formar-se no IAET, foi ordenado diácono da IEAB, sendo designado para trabalhar na Missão em Cubatão no litoral paulista, onde realizou importante trabalho junto aos moradores da região, alguns deles operários do polo petroquímico, pescadores e do porto de Santos. Após sua ordenação ao Presbiterado, trabalhou como Arcediago  (Supervisor) e pároco nas paróquias e missões do ABC, São Lucas (Vila Maria), São João (Pinheiros) e São Lucas (Londrina-PR).

Participou do Conselho Diocesano da DASP. Como pároco da São João enfrentou na companhia da congregação, os desafios da demolição arbitrária do templo e salão paroquial, realizada pela prefeitura para atender a um projeto de ampliação da Av. Faria Lima. Participou e lutou, com fé e  coragem, junto com os paroquianos, da resistência organizada pelos munícipes e moradores da região de Pinheiros.   Liderou a construção do novo Templo, criou um Centro Comunitário que atendia, com técnicos especializados, as pessoas carentes da região (com sua transferência para outra paróquia esse trabalho não logrou continuidade). Quando foi convidado para trabalhar em Londrina, na Paróquia de São Lucas, realizou um trabalho com deficientes visuais.

Como compositor é autor de inúmeras canções e antífonas salmodiais publicadas e executadas para além das fronteiras Anglicanas, onde obtém reconhecimento internacional e interdenominacional. Como Deão da Catedral Anglicana de São Tiago (Curitiba), realiza importante trabalho social e pastoral junto aos moradores de rua da capital Paranaense.

Participou e participa de várias Comissões e Grupos de Trabalhos Provinciais e Diocesanos, destacando-se os GTs que trabalham na edição do Livro de Oração Comum e Hinário Episcopal, 2013, com novas contribuições litúrgicas e hinológicas numa pastoral em sintonia com os anseios da sociedade contemporânea. Representando a Diocese Anglicana de Curitiba, integra o Conselho Executivo da IEAB (CEXEC), contribuindo junto aos representantes das outras Dioceses com a administração da Igreja Nacional.