Convocação Ecumênica Internacional pela Paz 

Com a presença de cerca de 1000 representantes das igrejas membros e representantes de organismos ecumênicos e da sociedade civil, o Conselho Mundial de Igrejas (CMI) promoverá na cidade de Kingston, Jamaica, a “Convocação Ecumênica Internacional pela Paz”.

O tema central será “Glória a Deus e Paz na terra”. O objetivo maior será o de testemunhar a Paz de Deus como um dom a uma responsabilidade das Igrejas e do mundo. Este encontro é a culminância da “Década da Superação da Violência”, programa do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), solicitado por sua Assembléia Mundial, realizada em Harare, em 1998 e iniciada em 2001.
O evento acontece num momento em que o mundo experimenta a mudança de paradigmas políticos e uma onda de violência e conflitos. A convocação quer refletir sobre o papel da Igreja e das religiões como promotores da paz, à luz do que significa seguir a Cristo, o Príncipe da Paz, hoje e no futuro. Será um momento de estímulo às Igrejas e suas teologias para reflexão e promoção da paz e da justiça.

“Ama a teu próximo como a ti mesmo”, será a luz que guiará a reunião em seus quatro temas gerais: Paz na comunidade; Paz na Cerra; Paz no Mercado (economia) e Paz entre os Povos.
Representando a IEAB se fará presente o bispo D. Orlando Santos de Oliveira (Meridional), Oficial Ecumênico Provincial e também representando da organização ACT Internacional, na qualidade de seu Vice-Presidente, o Bispo Dom Francisco Assis da Silva (Sul-Ocidental).

O CMI convoca a todas as igrejas membros a realizarem um momento especial de intercessão pela paz nas celebrações do domingo 22 de maio. Junto com as orações que seja feito um gesto simbólico, seja pelo plantio de uma árvore ou o acendimento de um Círio durante as celebrações. No site provincial estamos enviando uma sugestão de Intercessões do CMI, que já foi enviada cópia aos Bispos Diocesanos.

Oração pela paz – Domingo, 22 de maio de 2011

Deus da paz e de novas possibilidades, nosso Criador, Redentor e Santificador: Em tua presença, te pedimos misericórdia, perdão e a oportunidade de um novo começo. Te pedimos que nos ajudes a dar uma chance para a paz em nosso mundo. Queremos dar uma chance para a paz, embora tenhamos fracassado tantas vezes. Nós ajudamos a destruir muitas iniciativas de paz. Em vez de vencer o mal com o bem, nós não fizemos nada quando o bem foi derrotado.

Perdão, Senhor.

Dona nobis pacem: Dá-nos paz, é a nossa oração.

Assim como queremos viver o teu perdão, queremos viver este momento em nome da paz. Renovamos neste momento a decisão de aceitar o chamado a sermos pacificadores e criadores de justiça.

Damos graças pela Década Para Superar a Violência pois ela nos conscientizou e nos fez desejar a paz. Apesar disso, sabemos que temos muito a fazer se quisermos realmente dar uma chance para a paz.

Dona nobis pacem: dá-nos paz, é a nossa oração.

Pelo poder do teu Espírito, que nossos corações e mentes sejam de paz; ajuda-nos a transformar nossas vidas em pontos de largada para a paz. “E que a hora seja agora”. Ajuda-nos a cooperar contigo dando uma chance para a paz e criando um mundo em que a paz venha da profundeza do nosso ser.

Dá-nos paz, Senhor, nós te pedimos. Dá-nos sabedoria e coragem para tomar iniciativa. Sabedoria para abraçar o que leva à paz e coragem para sermos fiéis e obedientes a ti.

Dona nobis pacem: dá-nos paz, é a nossa oração.

Deus da paz e de novas possibilidades, faze de nós instrumentos de tua paz na convocação Internacional Ecumênica para a Paz e em todos os lugares, para que façamos tua vontade e para que, fazendo tua vontade, demos uma chance para a paz. Em nome do Príncipe da Paz, Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém.

-

Revmo. Orlando Santos Oliveira

Bispo Diocesano – Diocese Meridional