Diocese de Curitiba e da Califórnia realizarão, a partir do dia 07, discussão teológica sobre a “justiça climática”

No início de dezembro, a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (CQNUMC) irá se reunir em Cancún, México, para a 16ª Conferência das Partes (COP 16). De 7-11 de dezembro, Dom Marc Andrus, Bispo da Diocese Episcopal da Califórnia (Diocal) e Dom Naudal Gomes, Bispo da Diocese Anglicana Episcopal de Curitiba (DAC), Brasil, realizarão um diálogo mundial paralelo.

“Os bispos associados consideram este evento como uma oportunidade para levantar o estandarte da ‘justiça climática’ para a Igreja e para o mundo”, segundo o Rev. Griff Griffin, o Missionário da Justiça Ambiental da DioCal, que tem sido essencial para a organização da reunião. “Eles querem que esse companheirismo de dioceses aponte para a justiça e conciliação, no meio desse hostil contexto mundial de mudanças climáticas catastróficas”.

A reunião, que deverá acontecer no Centro de Conferências Bishop Kellogg, em San Pedro de Macorís, República Dominicana, contará com a participação de bispos da Guatemala, Equador Central, Cuba, Panamá, e da República Dominicana, e também representantes leigos e ordenados da Igreja Episcopal e de diversas outras dioceses. Você poderá acompanhar atualizações ao vivo da reunião de dezembro pelo site: episcopalclimatejustice.org

-

Revmo. Naudal Gomes

Bispo da Diocese Anglicana de Curitiba