Primaz da IEAB: por uma Igreja mais profética

Após a sua recondução ao primado da IEAB, mediante aclamação do plenário do XXXI Sínodo, D. Mauricio Andrade concedeu entrevista ao jornalista Dermi Azevedo que compôs o grupo de comunicação da Confelider e do Sínodo. Abaixo, a reprodução da entrevista:
DA – Como analisa sua eleição?

DM – Como um reconhecimento público da igreja renovando sua confiança e me desafiando novamente para assumir a tarefa de ser o seu pastor no próximo triênio.

DA – Quais as bases da ação missionária da IEAB?

DM – Em primeiro lugar, a compreensão cada vez maior, em favor de uma igreja inclusiva, porque o coração de Deus não tem fronteiras. A igreja precisa ser cada vez mais profética, em favor da transformação das estruturas injustas da sociedade.

DA – Quais são as principais injustiças sociais do pais?

DM – Uma das principais referem-se a injusta distribuição de rendas e ao monopólios da propriedade. Isto reforça a violência no campo e aumenta o numero de pessoas marginalizadas nas grandes cidades

DA – Qual é a principal contribuição da IEAB nesse contexto?

DM – Assumir um papel ético de denúncia, sendo solidária com as pessoas necessitadas.

DA – Como vê o agravamento da violência ?

DM – A violência é galopante. Os agentes do estado contribuem para acirrar a violência e  alguns integram e são coniventes até mesmo com grupos de extermínio. Nesse contexto, a igreja deve reafirmar os direitos que sustentam a pessoa humana.

DA – E as ONGs, o que deve fazer ?

DM – Colaborar coma s igrejas para que exerça sua função profética e se empenhe para que se descubra a verdade sobre todos os fatos da nossa historia

Dom Mauricio é carioca da Tijuca nascido em 1692, cresceu em Recife e seu primeiro trabalho como clérigo ocorreu em Belém, durante seis anos, tendo participado da Fundação da Universidade Popular. Foi Secretario Geral da IEAB durante 10 anos. Participou de vários Fóruns Sociais Mundiais. Integra a Junta Diretiva do Conselho Latino-Americano de Igrejas – CLAI; É bispo da Diocese Anglicana de Brasília desde 2003. É casado com Sandra e pai de Lucas Thiago e Pedro.

-

Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

Secretário Geral da IEAB