Tragédia no Haiti: nota de solidariedade 

A IEAB expressa sua solidariedade ao povo haitiano nesse momento de dor e de imensuráveis perdas de vida.

O terremoto que abalou o país no final da tarde de ontem ainda está sendo avaliado depois que sucessivos tremores – cerca de trinta – afetou casas, hospitais e a infraestrutura de todo o país. Há indícios de que milhares de mortos estão sob os escombros, enquanto equipes de emergência vindos de várias partes do mundo estão chegando para ajudar.

Para o Brasil, esta tragédia tem particular impacto pois mais de 1.200 soldados brasileiros estão servindo naquele país como força de paz da ONU. Já temos confirmação de onze mortes entre a tropa brasileira. Outra perda para nosso país foi a de Zilda Arns, coordenadora da Pastoral da Criança, que se encontrava naquele país para compartilhar a metodologia de trabalho que a projetou nacionalmente como líder do trabalho de assistência à infância.

A Igreja Episcopal do Haiti sofreu inúmeras perdas patrimoniais e há noticias de pessoas feridas enquanto assistiam a ofícios em paróquias da diocese. Nossas orações e pensamentos estão com nossos irmãos e irmãs haitianos nesse momento de dor.
Manteremos nossos leitores informados sobre novos dados da tragédia no Haiti.

-

Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

Secretário Geral da IEAB