Posts Mentioning RSS Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • SNIEAB 22:48 on 29/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: , , ,   

    IEAB entrega cheque em solidariedade ao Haiti 

    ieab-haiti

    Como resultado das duas primeiras semanas da Campanha de Solidariedade ao Haiti, a IEAB entregou na manhã de hoje em Nova York, o primeiro cheque da campanha. O secretário geral, Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva – que está em visita ao escritório provincial da Igreja nos Estados Unidos – entregou a Robert Radtke, Presidente de Episcopal Relief Development – ERD um cheque de 1,5 mil dólares.

    ERD tem sido o articulador no nível da Igreja Episcopal dos Estados Unidos da campanha de solidariedade ao povo haitiano.

    Todas as dioceses dos Estados Unidos têm realizado coletas e eventos para arrecadação de dinheiro com vistas a socorrer aquele pais varrido pelo terremoto devastador de três semanas atrás.

    A IEAB, através da Secretaria Geral lançou uma Campanha há duas semanas atrás e as respostas tem chegado gradativamente, com doações que chegaram de algumas comunidades e dioceses pelo Brasil afora. O cheque entregue hoje a ERD representa o valor aproximado do que foi arrecadado até agora e se espera que pelo menos esse valor possa duplicar ou triplicar. Na medida que a campanha for ganhando mais adesões, novas transferências serão feitas.

    O Presidente de ERD expressou sua profunda gratidão pela doação do Brasil que representa um alcance surpreendente para a campanha, não tanto pelo valor nominal que venha a ter, mas pelo fato de ser uma oferta que vem de uma outra Província. Como sabemos, o Haiti é uma diocese sob jurisdição dos Estados Unidos e, lógico, que o apoio das dioceses e instituições daquele país são naturalmente esperadas. A doação brasileira representa um testemunho de co-responsabilidade e de mutualidade, elementos que fazem parte da Comunhão Anglicana.

    Isso também carrega consigo o profundo sentimento de gratidão para com nosso país que tem sido ouvido com relação não somente à IEAB, mas a outras Igrejas brasileiras e ao próprio governo.

    A presença das tropas brasileiras como força de paz tem criado uma enorme simpatia do povo e da Igreja haitiana pelo Brasil.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 8:55 on 23/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: conselho, ,   

    Clériga anglicana tem assento no CONJUVE 

    A Revda. Tatiana Ribeiro, jovem clériga da diocese de Brasilia, teve sua nomeação como membro do Conselho Nacional da Juventude-CONJUVE publicada no Diário Oficial da União. O Conselho Nacional da Juventude (Conjuve) é espaço de diálogo entre a sociedade civil, o governo e a juventude brasileira. É um órgão consultivo que tem por objetivo assessorar o governo federal na formulação de diretrizes da ação governamental, promover estudos e pesquisas acerca da realidade socioeconômica juvenil e assegurar que a Política Nacional de Juventude do Governo Federal seja conduzida por meio do reconhecimento dos direitos e das capacidades dos jovens e da ampliação da participação cidadã.

    A nova conselheira está na condição de representante da Rede Ecumênica de Juventude- REJU, uma articulação nacional construida a partir das Jornadas Ecumênicas e que hoje tem presença em quase todo o território nacional. A Revda. Tatiana é uma das lideranças desse movimento que reúne juventudes de Igrejas e de outras religiões. A Rede tem pautado a ação da juventude no campo dos direitos humanos e na busca de políticas públicas que elevem a qualidade de vida dos jovens. Por sua ação, a REJU se credenciou a ter um assento no CONJUVE.

    A liderança da jovem reverenda também se afirma dentro da IEAB, ao integrar a coordenação que articula a União de Juventude Anglicana do Brasil. Ela e a postulante Tatiane Vidal, da diocese Meridional, também representam a juventude da IEAB junto ao CLAI.

    Sua presença no CONJUVE é sinal de como a Igreja pode ocupar espaços públicos e contribuir, no caso específico da Juventude, para a construção de políticas afirmativas de plena cidadania de nossos jovens.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 9:35 on 21/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: , , intolerância, religiosa   

    Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa 

    O CONIC- Conselho Nacional de Igrejas Cristãs emitiu nota a respeito do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa que é celebrado nesta data no Brasil. Trata-se de uma oportunidade para as Igrejas e a sociedade brasileira refletiram em quanto ainda precisamos caminhar na superação do preconceito e da intolerância contra expressões religiosas. A Secretaria Especial de Direitos Humanos lidera hoje em Brasília um conjunto de eventos alusivos à data. Lideranças religiosas estarão discutindo estratégias de aprofundamento de uma consciência mais cidadã e mais respeitosa com relação aos diversos grupos religiosos que tem presença organizada no Brasil.

    A nota do CONIC, assinada pelo Secretário Geral, Rev. Luiz Alberto Barbosa, esta reproduzida abaixo:

    “Pois vá e faça a mesma coisa” Lc 10,37

    Caros Irmãos e Irmãs, mais uma vez estamos celebrando o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, 21 de janeiro. Trata-se de uma iniciativa do Governo Federal, e esta data deve ser celebrada anualmente em todo o território nacional, fazendo parte do Calendário Cívico da União. Como Igrejas Cristãs somos também chamados a refletir internamente como andam as nossas ações em relação ao próximo, principalmente em relação àqueles que não professam as mesmas crenças que nós, seja dentro do âmbito do Cristianismo, no exercício do diálogo ecumênico, assim como na relação com os nossos irmãos e irmãos de outras religiões, no diálogo inter-religioso.

    O exercício da caridade, da tolerância, do respeito ao diferente não é fácil, principalmente quando envolve elementos do sagrado. Muitas vezes a razão humana é ofuscada por uma névoa de intolerância fundamentada em princípios religiosos capazes de levar às maiores atrocidades contra o próximo. Como Cristãos somos chamados a estar sempre alertas, olhando sempre com o olhar misericordioso de Jesus, que na Parábola do Bom Samaritano (Lc 10, 25-37) nos ensina na prática a lição da tolerância e do amor fraterno.

    A Virtude da Tolerância deve ser vista dentro do contexto da aceitação e compreensão das diferenças, sempre dentro de um ambiente de respeito e diálogo. Usar o nome de Deus para perseguir, humilhar, agredir ou mesmo matar o próximo é algo inconcebível, e com certeza condenado, por qualquer religião. Na palavra Tolerância encontra-se contido o sentido pleno de humanidade, igualdade de oportunidades e condições e livre pensar e crer. Voltaire, grande iluminista, já foi sábio ao afirmar em sua obra: “Tratado sobre a Tolerância” de que “Não é preciso uma grande arte, uma eloqüência menos rebuscada, para provar que os cristãos devem tolerar-se uns aos outros. Vou mais longe: afirmo que é preciso considerar todos os homens como nossos irmãos. O quê? O turco, meu irmão? O chinês? O judeu? O siamês? Sim, certamente; porventura não somos filhos do mesmo Pai, criaturas do mesmo Deus?” (Tratado, p. 125).

    Tolerar, todavia, não significa compactuar com tudo, ou seja, com comportamentos que infrinjam a ordem jurídica, ética ou moral de uma sociedade. O conceito de liberdade religiosa, neste contexto, estará sempre cerceado pelos direitos e deveres individuais e coletivos impostos pelo ordenamento legal de um País, que deve proteger a liberdade religiosa, e ao mesmo tempo vigiar para que nenhum cidadão seja vitima de intolerância ou discriminação no exercício de suas crenças. Como perspicazmente coloca André Comte-Sponville, filósofo francês, nascido em 1952: “a simplicidade é a virtude dos sábios e a sabedoria dos santos, assim a tolerância é sabedoria e virtude para aqueles que – todos nós – não são nem uma coisa nem outra. Pequena virtude, mas necessária. Pequena sabedoria, mas acessível”.

    Essa pequena sabedoria foi exercida com grandeza pelo Samaritano da parábola contada por Jesus. Judeus e Samaritanos não se toleravam, tinham rivalidades, tensões, divergências na prática e no pensar religioso. Todavia, é um samaritano que, ao ver um judeu caído à margem da estrada necessitando de ajuda, consegue passar por cima de todas as diferenças religiosas e culturais, e presta ajuda solidária, exercitando assim a grande virtude da tolerância, do respeito e do amor fraterno. O exemplo do Samaritano se torna um mandamento de Cristo para todos nós: “Pois vá e faça a mesma coisa” Lc 10,37

    O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa serve para nos mostrar que ainda estamos muito distantes do cumprimento deste mandamento de Cristo. A próxima Campanha da Fraternidade Ecumênica, que se inicia no dia 17 de fevereiro, é mais um momento em que, como Igrejas, podemos dar o testemunho de que conseguimos trabalhar em conjunto, no exercício prático da tolerância fraterna, na busca de um mundo melhor e solidário para todos.

    Rev. Luiz Alberto Barbosa

    Secretário Geral do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC

    Desde o Sínodo de 2003, a IEAB criou em nível provincial uma Comissão de Diálogo Inter-religioso como um claro compromisso de ajudar a construir novos parâmetros de respeito à diversidade religiosa e ao mesmo tempo como um canal de diálogo e busca de ações conjuntas.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 13:46 on 19/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: , , igrejas   

    Material para a Semana de Oração pela Unidade já está publicado 

    Sob o tema “Vocês são testemunhas dessas coisas” (Lc 24:48) a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos já está com seus materiais e recursos litúrgicos à disposição das Igrejas. Este ano, a Semana transcorrerá de 16 a 23 de maio, exatamente na semana que antecede a Festa de Pentecostes.

    O ano de 2010 é particularmente muito importante para a caminhada ecumênica, pois é o ano do Centenário da Conferência de Edinburgh, considerada o fator determinante para o avanço do Ecumenismo em nível mundial, com todas as implicações que gerou, culminando quatro décadas depois na criação do Conselho Mundial de Igrejas.

    No Brasil, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos ocorre este ano imediatamente após à Campanha da Fraternidade Ecumênica, a terceira do gênero ao longo da história do ecumenismo em nosso país.

    Como nos anos anteriores, o CONIC estará colocando à disposição das Igrejas o folheto da SOUC que este ano teve a contribuição da Conferência de Bispos da Escócia em sintonia com o Conselho Mundial de Igrejas e o Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos. A Comissão de Liturgia do CONIC fez a adaptação dos textos para a realidade brasileira.

    A IEAB sempre esteve – em nível provincial, diocesano e local – envolvida com a SOUC e o anglicanismo como um todo está comprometido, desde as origens, não apenas com a Semana de Oração como com todo o movimento ecumênico internacional.
    O material da Semana de Oração Pela Unidade dos Cristãos já está à venda nas Edições CNBB e pode ser adquirido pelo telefone: ( 61) 2103- 8383.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 14:35 on 15/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: ,   

    IEAB envia mensagem de pesar por Zilda Arns 

    O Bispo Primaz da IEAB enviou à CNBB, à Pastoral da Criança e aos organismos ecumênicos brasileiros votos de pesar pelo falecimento de Zilda Arns, vítima do terremoto que se abateu sobre o Haiti, na terça-feira passada. O teor da nota é o seguinte:

    “Eu sou o bom pastor.
    E o bom pastor dá a vida pelas ovelhas”
    São João 10,11

    Nesta semana o Brasil acordou órfão, a morte de Zilda Arns abala a todas as pessoas que tem sede de justiça e sonha com um mundo novo.

    Zilda Arns foi uma boa pastora no meio de milhares e milhares de crianças no Brasil, ela viveu para alimentar vidas, para ensinar a multiplicar pães, e trazer alegria a muitos pequeninos.

    Zilda Arns foi uma mulher profetiza, não se acomodando com o que alcançava, mas sempre buscando servir na missão de promover a vida. No Brasil sua obra atende mais de 1,9 milhão de gestantes e crianças, suas soluções simples, baratas e eficazes cruzaram a fronteira do Brasil servindo de exemplo para países pobres da América Latina e África.

    Ao nos despedir desta mulher rogamos a Deus que seu exemplo seja semente de transformação de vidas e nos encaminhe a vivermos a expressão da solidariedade engajada na luta pela justiça.

    Descansa hoje em paz, e seja tua morada no Paraíso de Deus.

    Que o amor de Deus nos una.

    +Maurício

    -

    Revmo. Dom Maurício Andrade

    Bispo Primaz da IEAB

     
  • SNIEAB 16:52 on 14/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: conta, doação, ,   

    Atualização sobre a situação no Haiti 

    Os últimos informes que temos recebido do Haiti dão conta de uma devastadora realidade. Não se sabe ao certo o número de vítimas, mas podem chegar a uma centena de milhar, de acordo com testemunhos de autoridades. A solidariedade internacional começa a chegar com grande força, seja através de pessoal especializado, seja através de alimentos e outros itens absolutamente escassos hoje naquele país como água potável, por exemplo. O governo brasileiro está enviando mais de 20 toneladas de alimentos e disponibilizou aviões da FAB para atuar no apoio ao processo de socorro emergencial aos sobreviventes e no transporte, já que as estradas foram danificadas.

    Nossa Igreja no Haiti sofreu larga destruição, incluindo sua Catedral da SS Trindade e muitas instituições como escolas e casas religiosas. Há notícias de episcopais entre as vitimas fatais. O bispo diocesano, d. Jean Zaché Duracin saiu ileso, mas sua esposa sofreu ferimentos.

    O Episcopal Relief Development – ERD, está recebendo contribuições das pessoas e dioceses dos Estados Unidos e do mundo inteiro para ajudar as vítimas. Vários organismos internacionais estão mobilizados para apoiar aquele país na reconstrução desse trauma.

    A IEAB está tomando a iniciativa de uma campanha de arrecadação de fundos para apoiar nossos irmãos e irmãs haitianos. Estamos chamando a campanha de Solidariedade ao Haiti. Pedimos às pessoas e comunidades que quiserem oferecer qualquer quantia em dinheiro que façam depósitos identificados  na seguinte conta corrente:

    IEAB – CONSELHO EXECUTIVO
    BANCO: BRADESCO
    AGÊNCIA: 3319-7
    C/C: 27742-8
    CNPJ 92.959.576/0001-07

    IEAB – CONSELHO EXECUTIVO

    BANCO: BRADESCO

    AGÊNCIA: 3319-7

    C/C: 27742-8

    CNPJ 92.959.576/0001-07

    Todas as doações devidamente identificadas serão convertidas em dólar e serão transferidas de nossa conta em Nova York para o Episcopal Relief Development – ERD. Certamente a contribuição de cada um, mesmo pequena, será uma benção na vida das vítimas e nossa Igreja estará dando exemplo de solidariedade.

    Estamos sugerindo também que as paróquias da IEAB dediquem neste domingo um momento especial de intercessão pelo povo do Haiti e pelas pessoas que sofreram essa terrível tragédia!

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 15:09 on 13/01/2010 Permalink | Responder
    Tags:   

    Tragédia no Haiti: nota de solidariedade 

    A IEAB expressa sua solidariedade ao povo haitiano nesse momento de dor e de imensuráveis perdas de vida.

    O terremoto que abalou o país no final da tarde de ontem ainda está sendo avaliado depois que sucessivos tremores – cerca de trinta – afetou casas, hospitais e a infraestrutura de todo o país. Há indícios de que milhares de mortos estão sob os escombros, enquanto equipes de emergência vindos de várias partes do mundo estão chegando para ajudar.

    Para o Brasil, esta tragédia tem particular impacto pois mais de 1.200 soldados brasileiros estão servindo naquele país como força de paz da ONU. Já temos confirmação de onze mortes entre a tropa brasileira. Outra perda para nosso país foi a de Zilda Arns, coordenadora da Pastoral da Criança, que se encontrava naquele país para compartilhar a metodologia de trabalho que a projetou nacionalmente como líder do trabalho de assistência à infância.

    A Igreja Episcopal do Haiti sofreu inúmeras perdas patrimoniais e há noticias de pessoas feridas enquanto assistiam a ofícios em paróquias da diocese. Nossas orações e pensamentos estão com nossos irmãos e irmãs haitianos nesse momento de dor.
    Manteremos nossos leitores informados sobre novos dados da tragédia no Haiti.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 14:56 on 12/01/2010 Permalink | Responder
    Tags:   

    As filhas de Eva: Encontro de Mulheres da IARCA 

    “Éramos mulheres latino-americanas reunidas de diversas etnias, cores, faces, culturas, mas comungando de sonhos, alegrias, frustrações e fracassos muito semelhantes, mas fortalecidas pelo poder do Espírito Santo de Amor que nos sustenta em nossa missão e serviço ao Povo Santo de Deus”.

    Com estas palavras, a Revda. Valéria Silva traduziu a riqueza do Encontro de Mulheres Ordenadas da Igreja Anglicana da América Central – IARCA. Quatro dioceses da Provincia se fizeram representar no Encontro (Costa Rica, Guatemala, El Salvador e Panamá). A Igreja do Brasil foi especialmente convidada a se fazer presente neste histórico momento onde uma diácona nativa de El Salvador recebeu a ordem presbiteral. O evento iniciou-se no dia da Epifania – significativo e adequadíssimo para a mensagem que transmitiu – e se estendeu até o domingo, 10.Conforme documento assinado pelas mulheres presentes ao encontro: “A chama foi instantanea, nos vimos nos olhos e nos sentimos filhas de Eva, nos sentimos irmãs, nos sentimos como se nos conhecessemos desde sempre e este sentimento guiou nosso encontro”.

    Como parte da programação do evento, as mulheres visitaram a igreja onde D. Oscar Romero foi assassinado e o monumento onde ele está sepultado; Uma emocionante experiência. Um homem de Deus que continua vivo na história do povo daquele país e de terras latinoamericanas.

    Nosso agradecimento à Revda. Valéria Silva, da DASP, pela disponibilidade em representar nossa Provincia neste histórico evento para as mulheres anglicanas da América Latina.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 16:35 on 07/01/2010 Permalink | Responder
    Tags: , , iarca,   

    IEAB participa de Encontro na Provincia da América Central 

    A Província Anglicana da América Central (IARCA),  está realizando um grande um evento para celebrar trinta anos de provisão canônica para o ministério ordenado das mulheres na diocese de El Salvador. Representa a IEAB no evento, por designação provincial, a Revda. Valéria Silva, da diocese anglicana de São Paulo.

    A Província do Brasil foi convidada especialmente para se fazer representar no Encontro, haja visto que ao lado de outras Províncias da Comunhão Anglicana, tem sido um testemunho vivo da presença feminina presidindo altares. Este ano, inclusive, a IEAB celebra os vinte e cinco anos de ordenação feminina.

    O Encontro em El Salvador começou ontem à noite com uma ordenação de uma presbítera e três diáconos. O bispo da diocese, Revmo. Martin Barahona, é também o Primaz da Província da América Central e grande companheiro do nosso Primaz, D. Mauricio, no Colégio dos Primazes.

    Ao encontro comparecem representantes das demais dioceses da Província bem como convidadas internacionais. A Revda. Valéria leva consigo o abraço de nossa Igreja para os irmãos e irmãs episcopais salvadorenhos que tem sido um rico testemunho naquele país, marcado por recentes crises políticas e pela determinação de seu povo em manter vivo o compromisso da Igreja com os excluidos daquela nação.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar