CEA realiza Seminário em São Paulo 

O Centro de Estudos Anglicanos – CEA, está realizando nestes dias (21 e 22 de maio) o Seminário "Anglicanismo entre a modernidade e a pós-modernidade: entre cismas e reconciliações" Cerca de 30 participantes representantes das dioceses do Rio de janeiro, São Paulo e Curitiba – que compõem a região eclesiástica II de nossa Provincia – estão participando do referido evento, como parte da progamação do CEA em 2009. (foto)

 

Abertura Seminário

 

O principal convidado para o evento é o Rev.Prof. John Kater, professor do Church Divinity School of the Pacific, sediado na diocese da California, que está visitando a nossa Provincia por dois meses.
Os demais palestrantes são o Rev. Carlos Calvani, coordenador do CEA, e o Rev. Francisco de Assis, Secretário Geral da IEAB.
O evento está acontecendo nas dependências da Paróquia da SantíssimaTrindade, em São Paulo que está de forma muito calorosa acolhendo os participantes.
O Prof. John Kater abriu o Seminário apresentando uma análise das implicações da globalização sobre a história e a realidade do anglicanismo, desde o processo da reforma inglesa passando pela expansão do império britânico e a posterior configuração de uma Comunhão Anglicana com novos elementos de caráter cultural e geográfico. As rápidas transformações tecnológicas e as mudanças culturais e éticas criaram e criam novos desafios para a manutenção da unidade dentro da Comunhão.

 

palestrantes

O Rev. Francisco apresentou a palestra sobre Eclesiologia em Mudança, abordando os principais desafios da Comunhão Anglicana vividos nos últimos anos e as implicações para o futuro. Especial atenção foi dada no debate às questões relacionadas aos temas atualmente desafiadoras à unidade da Comunhão, entre eles a questão da sexualidade humana,  e à discussão sobre o Pacto Anglicano.
A seguir, o Prof. John Kater apresentou mais uma palestra sobre a contribuição de quatro distintos teólogos anglicanos em distintos contextos históricos e sobre como suas teologias ajudaram a Igreja a construir respostas relevantes a seu tempo. Esta palestra nos permitiu perceber a particularidade das contribuições de Richard Hooker, Frederick Deninson Maurice, William Temple e Pui Lian.  Os três primeiros, ingleses e representando diferentes contextos políticos e teológicos, produziram teologias que ajudaram em muito a configurar o Anglicanismo como um via média, como socialmente engajado e ecumenicamente comprometido. Pui Lian, mulher e asiática, contribui em nossos tempos com um Anglicanismo aberto a dialogar com substratos culturais e espirituais distintos.
O sentimento geral dos participantes é de que o Seminário está trazendo excelentes aportes para a compreensão de como históricamente o Anglicanismo foi construindo sua eclesiologia e enfrentando os desafios gerados por dissensos teológicos.
O encontro continua hoje com um aporte sobre a evolução eclesiológica da IEAB e a apresentação dos principais desafios históricos que o Anglicanismo enfrentou através dos distintos cismas históricos dentro da Igreja da Inglaterra e da Comunhão Anglicana em geral.
Na parte da tarde, o Seminário contemplará a discusssão sobre o futuro da Comunhão Anglicana e haverá um painel com os palestrantes que retomarão os principais temas da atualidade anglicana.

 

-

Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

Secretário Geral da IEAB