Câmara dos Bispos esteve reunida em Porto Alegre 

A Câmara dos Bispos da IEAB esteve reunida desde a terça-feira à noite com uma extensa agenda de trabalho que envolveu retiro espiritual, partilha de ministério, relatório da liderança Provincial e importantes decisões para o futuro da Igreja. A reunião foi em Porto Alegre, na Vila Betânea, entre os dias 31 de março até o dia 03 de abril, com a presença de todos os bispos diocesanos e de três bispos eméritos.

 

Câmara reunida

O retiro foi considerado como uma singular ocasião por parte de todos os bispos, especialmente porque chamou a atenção para o caminho que todos nós cristão trilhamos com nossos desafios e com descobertas que vamos fazendo no caminhar da paixão e morte de Jesus. Assumir essa paixão e morte integralmente, seja pela adoração seja pela entrega mesma da própria vida como pastores do rebanho de Deus é um imperativo dessa quadra de pré-semana Santa.
Na partilha dos ministérios foi possível ouvir as angústias, os desafios mas também os sonhos de cada bispo em seu viver cotidiano, na relação com seu povo e clero. Foi ocasião para rezar uns pelos outros e reforçar ainda mais a colegialidade do ministério episcopal.

 

Primaz apresenta relatório

 

Como parte da agenda de negócios, os bispos ouviram o relatório de atividades do Bispo Primaz, destacando as muitas realizações de caráter pastoral e de representação que com muita dedicação e zelo que, mesmo em meio as demandas de sua própria diocese, foram relatadas. Ficou evidente o quanto pode ser feito tanto para a vida interna da Igreja como para as relações com a Comunhão Anglicana e para com o mundo ecumênico. Nos comentários feitos ao relatório, alguns dos bispos expressaram ações de graça pela partilha e pela dedicação e seriedade com que nossa Igreja foi pastoralmente liderada até agora.
O Secretário Geral também apresentou o seu relatório e junto com o representante do GT Finanças, descreveu o resultado do esforço administrativo em reduzir o déficit e racionalizar o uso dos recursos da Igreja. Apresentou também o desafiante cenário de redução de receitas e a necessidade de uma reconfiguração dos eventos provinciais. O relatório foi muito bem acolhido pelos bispos que destacaram a seriedade e dedicação do Secretário Geral e da equipe do escritório provincial, bem como dos grupos de trabalho na gestão da Provincia.
Como resultado dos relatórios e do quadro de desafios financeiros que ora enfrenta a Provincia, os bispos tomaram importantes decisões no tocante ao calendário de eventos provinciais, inclusive o adiamento do Sínodo para o mês de junho de 2010. Para a garantia da realização do próximo Sínodo, estabeleceu-se um novo patamar de contribuição das dioceses com vistas a garantir que o mesmo possa ser integralmente financiado.
Uma Carta Pastoral de Páscoa da Câmara também será tornada pública nos próximos dias, conclamando a Igreja a assumir integralmente a vida e compromisso com o Ressuscitado diante de uma conjuntura desafiante em todos os aspectos, sejam pastorais, sejam eclesiais, sejam financeiros.

-

Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

Secretário Geral da IEAB