Posts Mentioning RSS Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • SNIEAB 11:28 on 26/02/2009 Permalink  

    Unidade e Serviço 

    A quarta-feira de cinzas marcou o Encontro sobre Mútua Responsabilidade com uma celebração emocionante numa comudidade de periferia da diocese de Costa Rica, onde os participantes puderam viver a realidade de serviço ao próximo em meio à exclusão social.

     

    foto oficial

    No sermão dirigido à uma congregação recebida à porta por 105 crianças do projeto com seus sorrisos lindos e inocentes, a Bispa Presidente nos lembrou a tônica do dia: lembra que sois pó e ao pó voltarás!
    A partir da percepção de que somos parte do Universo dentro do plano de Deus, é importante destacar que somos feitos dos mesmos elementos que compõem, inclusive, as estrelas do firmamento. Isso só aumenta a nossa responsabilidade em fazermos a vontade de Deus. Humildade, unidade e serviço são as atitudes que Deus demanda de nós. A Quaresma é ocasião para nos aproximarmos cada vez mais do ser de Deus e nos tornarmos seus instrumentos no mundo.
    Ao final da extensa programação do dia, foi lançada a pedra fundamental de outro importante projeto que a Igreja na Costa Rica quer desenvolver: um projeto de acolhida de crianças da mais pobre das comunidades da capital costaricence. Todos os Primazes, bispos e Secretários Gerais das Provincias presentes ao Encontro foram demandados a participar do gesto de fundação da pedra, num sinal claro de unidade e de serviço.
    Constou ainda da programação de ontem um passeio pelo centro da cidade e a visita do primeiro templo não católico romano do país: a Paróquia do Bom Pastor, que pertence à Igreja Episcopal.
    Na noite anterior, os participantes tiveram uma inesquecível experiencia de serem recebidos em casas de família da Igreja. Uma acolhida caloroso do povo e uma oportunidade de partilhar a mesa com as famílias, compartilhando suas esperanças e seu cotidiano como irmãos e irmãs em Cristo.

    Delegação brasileira

    Essa tem sido a tônica do Encontro. Partilha, espírito de unidade e consciência da responsabilidade de servir ao mundo. Quando na terça-feira se assitiu no plenáio a apresentação das Igrejas dos Estados Unidos, da América Central e Uruguai e Peru se pode perceber como em todas elas a marca fundamental é o sério envolvimento com a vida das pessoas. Com a dignidade e qualidade material e espiritual de tantos milhões nestas Américas que se encontram oprimidos por tantos problemas. Sejam os causados por desastres naturais, sejam aqueles causados pela maneira como as sociedades se estruturam econômicamente.
    O Encontro emitirá um comunicado final dirigido à toda Comunhão Anglicana e, certamente, os novos caminhos de cooperação entre as Provincias estará lançado.
    A Unidade e o serviço será os alicerces desse novo momento que o Anglicanismo nas Américas passa a viver.
    Hoje pela manhã, nossa Provincia estará dirigindo a Oração Matutina dando assim o primeiro passo de mais um dia que promete ser muito abençoado.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 15:14 on 24/02/2009 Permalink  

    Anglicanos das Américas discutem Mútua Responsabilidade em Missão 

    Representantes das províncias anglicanas nas Américas estão reunidos na capital da Costa Rica para discutirem caminhos de cooperação no campo da mútua responsabilidade em Missão. O Encontro durará até sexta-feira e é uma oportunidade para partilha de experiências e expectativas com vistas ao futuro da ação conjunta das Províncias no que tange às cinco marcas anglicanas da Missão.

    O Brasil se faz representar pelo Bispo Primaz, D. Mauricio Andrade e pelo Secretário Geral acompanhados do Revd. Luiz Alberto (Presidente da Câmara de Clérigos e Leigos), Revda. Dilce Paiva (Conselho Executivo) e Srta. Tarsila Burity (Juventude).

     

     

    abertura

     

    Na celebração de abertura, O Primaz da Provincia da América Centra, D. Martin Barahona, conclamou os pariticipantes a buscarem a unidade em meio à rica diversidade do anglicanismo nas Américas. Segundo ele, somente o estarem juntos pode dar eficácia ao testemunho dos valores do Evangelho no continente. E lembrou que a Missão não é mérito da Igreja mas iniciativa do próprio Deus.

    Os estudos bíblicos do Encontro são uma contribuição de nossa Província através de D. Sebastião Gameleira e estão baseados no livro dos Atos dos Apóstolos. Ontem se estudou a importância da Adoração como parte essencial da tarefa missionária. O Diretor de Missão da Comunhão Anglicana, Revd. John Kafwanka, dirigiu-se ao plenário acentuando a tarefa de partilha de recursos entre as Províncias como caminho de eficácia missionária. E ressaltou que a missão não é algo que a Igreja apenas faz, mas que é parte essencial so ser Igreja.

     
    plenária

    Ontem mesmo, na parte da tarde iniciou-se a série de apresentações provinciais. O Brasil foi a primeira Provincia a apresentar as ações da Igreja, seus desafios e sua história. Duas outras províncias se apresentaram ontem após o Brasil:México e Canadá. Essas apresentaçõe, feitas sob o paradigma das cinco marcas da Missão Anglicana, têm permitido um conhecimento mais íntimo da realidade e potencialidades de nossas Províncias irmãs nas Américas.

    Estaremos mantendo nossos leitores informados do dia a dia do Encontro, revelando os passos e avanços que essa iniciativa certamente trará para a vida das Igrejas no vasto continente americano.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 14:46 on 10/02/2009 Permalink  

    Secretário Geral visita Diocese Anglicana do Recife 

    Uma calorosa acolhida foi dispensada ao Secretário Geral da IEAB durante sua passagem pela diocese no último fim de semana. No sábado, nas dependências da Catedral, reuniu-se o clero e ministros pastorais da diocese para uma conversa sobre a atual conjuntura provincial e seus avanços e dificuldades.

     

    clero e SG reunidos

     

    Foi feito um resgate histórico do crescimento da Igreja Provincial e se partilhou a importancia dessa interdependência entre as esferas locais (paróquias e comunidades) e as esferas diocesana e provincial.
    Falou-se sobre a importância da solidariedade entre as instãncias, tomando como mais recente exemplo a contribuição de paróquias, dioceses e pessoas no apoio à reposição do mobiliário e equipamentos de som da Paróquia da Trindade em Ariquemes.

    O Secretário Geral e a Revda. Lilian Silva expuseram como será a Campanha da Quaresma e motivaram as lideranças diocesanas a se engajar nessa Campanha. A Campanha será lançada nos próximos dias para todas as comunidades da Provincia. Outro item da agenda foi uma rica conversação sobre os meios de comunicação da Igreja, especialmente o Estandarte Cristão. Ficou o compromisso de envio para as comunidades dos dois últimos exemplares de nossa revista para estimular mais assinaturas na âmbito da diocese.

     

    celebração d. helder

    O Secretário Geral acompanhou o bispo D. Sebastião e sua esposa Madalena Soares nas celebrações realizadas no sábado à tarde em homenagem ao Centenário de nascimento de D. Helder Câmara. Vinte bispos e oitenta padres participaram de uma emocionante celebração com a presença de mais de mil pessoas entre fiéis, autoridades e representantes ecumênicos. Nesta ocasião, foi lançado o sêlo em homenagem ao denominado Pastor da Paz.

     

     

    catedral ss trindade

    No domingo, a agenda do Secretário Geral incluiu a participação nos dois ofícios na Catedral da SS Trindade. Um belo templo construido com muita paixão pela comunidade (foto) Pela manhã, o bispo D. Sebastião presidiu a Eucaristia e reflexão foi conduzida pelo Deão Sérgio Andrade. À tarde, diante de uma congregação composta em sua maioria por jovens, a celebração foi presidida pelo Deão. Em sua fala às duas congregações, o Rev. Francisco de Assis lembrou a fidelidade daquela comunidade e sua liderança firme na superação dos tristes episódios que abalaram a todos nós. Lembrou também que na tradição anglicana os laços que unem as comunidades locais, suas dioceses e a Província ajudam a compor a autêntica interdependência de dons e de serviço para o testemunho eficaz do Evangelho.
    Um grande destaque nestas duas celebrações foi a instituição de um novo ministério para crianças através do projeto chamado Nova Geração que inclui um atualizadíssimo currículo voltado para as crianças e que inclui além de estudos da Bíblia uma formação em meio ambiente, gênero e corporalidade.
    Outra ênfase que está sendo afirmada é a da formação com a realização de cursos para leigos e lideranças paroquiais em torno de temas como liturgia, teologia e história da Igreja.
    Uma visita que certamente mostra para toda a Igreja provincial como a diocese do Recife, mesmo em meio a seus grandes desafios está construindo com muita maturidade e com muita esperança o seu futuro.

     

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 20:15 on 05/02/2009 Permalink  

    Primazes publicam Documento Final 

    Sob o título "Profunda Comunhão e Graciosa Moderação", foi publicado hoje o Documento Final da reunião dos Primazes na cidade de Alexandria, Egito. No dia anterior, em um claro e preciso testemunho ao mundo, os Primazes tinham publicado uma declaração condenando a ditadura no Zimbabue e pedido a reconciliação naquele país.

     

    O Documento de hoje é uma espécie de síntese das discussões realizadas durante os seis dias de reunião. Os Primazes manifestaram sua profunda ação de graças pela experiência da reunião em um país com larga maioria mulçumana mas de riquíssima tradição no Cristianismo antigo. São Marcos, Clemente, Atanásio entre outros homens e mulheres que construíram uma Igreja viva e comprometida com a justiça e a paz.

    Durante o encontro foi possível ouvir as vozes daqueles que enfrentam em seus próprios contextos situações de violência que demandam atenção e socorro da parte não somente da Igreja mas de toda sociedade internacional. Além do Zimbabue, o conjunto de Primazes deliberou sobre a necessidade de ações concretas em favor do povo do Sudão e dos palestinos da faixa de Gaza.

    No que tange às diferenças e tensões vividas dentro da Comunhão Anglicana, os Primazes reconheceram a riqueza do diálogo e do mútuo respeito vivido nesta reunião. Honestidade, franqueza e escuta sincera foram as marcas da reunião de Alexandria.

    Como consequência desses valores, a discussão sobre o proposto Pacto Anglicano ocupou o tempo necessário para ser analisado com muito respeito e consideração pelo trabalho árduo desempanhado pela Comissão nomeada pelo Arcebispo Rowan Williams. Embora ainda sem um consenso final sobre a proposta, a partir das discussões recomendou-se a continuidade de sua análise nas instâncias do Conselho Consultivo Anglicano e, igualmente no âmbito de cada Província.

    Outro importante ponto destacado no Documento foi a iniciativa de se construir uma Agência Anglicana de Desenvolvimento que reúna as agências locais envolvidas em questões de superação da pobreza e desenvolvimento sustentável. Tal iniciativa pode ajudar em muito a Comunhão Anglicana reunir recursos humanos e materiais parao cumprimento de sua missão nas esferas de justiça social e dignificação das pessoas.

    Enfim, a nosso ver, uma reunião bem distinta da última realizada na Tanzania, onde foi visivel a tensão entre alguns Arcebispos e a exploração dessas tensões por parte dos meios midiáticos.

    Nosso Primaz expressou sua alegria pelo clima e rumo que a reunião tomou e aproveitou a oportunidade para fortalecer os laços fraternos especialmente entre os colegas e a colega do continente americano, especialmente visando o Encontro das América, que será realizado no final de fevereiro na Costa Rica.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 13:56 on 04/02/2009 Permalink  

    Primazes se reúnem em Alexandria, Egito 

    Desde domingo, 01 de fevereiro, os Primazes da Comunhão Anglicana estão reunidos em Alexandria, Egito, para participar da reunião  convocada pelo Arcebispo de Cantuária Rowan William.
    Dos 38 Primazes e Moderadores, cinco não conseguiram chegar, três deles por motivo de Vistos e Passaporte e  e dois por motivos internos em suas Províncias.

    A Reunião começou  com uma palavra introdutória do Arcebispo Rowan William e  orientações sobre a agenda de trabalho. Ao final da tarde  todos se  dirigiram  para a Igreja de São Marcos que foi instituída como pro Catedral em Alexandria e instalado o seu Deão, com sermão do Arcebispo de Cantuária e expressiva representação ecumênica.
    Sem dúvida, o encontro naquela cidade é um mergulho mais profundo na história do Egito de onde vem a história dos Patriarcas, Profetas e Profetisas. A cidade foi edificada por Alexandre O Grande como um dos marcos de suas conquistas.
    Hoje os Primazes visitarão a Biblioteca de Alexandria, marco histórico em tamanho e importância como monumento cultural do mundo.
    A agenda desse encontro envolve uma ampla gama de discussões, entre as quais sobre o proposto Pacto Anglicano que tem tomado, segundo se sabe muito mais tempo do que o esperado. Ainda não há nenhuma palavra oficial do Encontro sobre isso, pois por recomendação do Arcebispo, as discussões seguem em caráter reservado.
    Nosso Primaz, ouvido pelo Anglican Journal, do Canadá, afirmou a grande diferença entre este encontro e o anterior, na Tanzania, onde as tensões certamente foram maiores. Além das questões internas da Comunhão, os Primazes se manifestaram com veemência sobre a grave situação do Zimbabue, onde corrupção, violência e fome tem afetado milhões de pessoas. Na declaração final dessa discussão, os Primazes foram enfáticos em solicitar que o Presidente ditador Robert Mugabe renuncie e abra caminho para a reconciliação nacional.
    Estaremos fornecendo informações recebidas de nosso Primaz e de outras fontes a respeito da evolução e comunicados do Encontro.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 15:13 on 02/02/2009 Permalink  

    Fórum Social Mundial deixa Belém com saudades 

    O Fórum Social Mundial chega ao fim como uma das mais expressivas edições. Cerca de cem mil inscitos, uma variedade de temas discutidos e uma convicção: a de que se vive uma oportunidade ímpar na História para se fazer ajustes na economia mundial de forma a garantir a redução das desigualdades.

     

     

    portal do fsm2009

     

    Durante os últimos dias, a capital do Pará converteu-se num centro intelectual, religioso e político do mundo. Intelectuais, lideranças religiosas, indígenas, jovens e militantes de diversas causas partilharam mesas de discussão em torno de alternativas para o mundo de hoje.

    A Coalizão Ecumênica teve presença expressiva durante o Fórum realizando atividades patrocinadas por diversos atores do cenário ecumênico e intereligioso mundial. Sob patrocínio dos parceiros da Coalizão, foram realizadas mais de quarenta atividades.

    Na tenda ecumênica, localizada ao lado da capela da UFPA, realizaram-se na sexta-feira e no sábado discussões sobre câmbios climáticos e seus impactos na vida dos continentes. Seguindo o mesmo fundo temático, no sábado, discutiu-se as consequências das mudanças climáticas na produção de alimentos. Tanto na primeira como na segunda mesa, foi possível consensuar que o modelo de monocultura para garantir suprimento energético do mundo tem sérias consequências climáticas e afetam diretamente a produção de alimentos. Pesquisas recentes revelam que o aumento de áreas destinadas à produção de combustível vegetal reduziram drásticamente as áreas destinadas ao plantio de alimentos para subsistência, aumentando a fome na África e na Ásia. O caso brasileiro tem um agravante além da redução da produção de alimentos: a devastação do meio ambiente, seja pelo uso de agrotóxicos, seja pelo desmatamento nas áreas do cerrado e Amazônia.

     

    banner da tenda ecumênica

    Os milhares de participantes que passaram pela Tenda Ecumênica (foto) tiveram durante o Fórum a oportunidade de reviver a memória política dos anos de chumbo da Ditadura Militar. Uma exposição fotográfica intitulada Direto à Memória e à Verdade, Ditadura no Brasil, 1964-1985 chamou a atenção de quem caminhava pela orla do Guamá.

    Mais uma vez fica evidente a contribuição da Coalizão Ecumênica para o conjunto do Fórum e a certeza de um belo trabalho de articulação local desempenhado pelo Grupo Interreligioso. Como anglicanos não podemos deixar de destacar a magnífica acolhida dos irmãos e irmãs da Diocese da Amazônia que se puseram de corpo e alma desde a chegada até a partida dos parceiros ecumênicos.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar