IEAB marcará presença no Fórum Social Mundial

Ao lado de importantes segmentos ecumênicos e interreligiosos, a IEAB marcará presença nos Fóruns Social Mundial e de Teologia e Libertação que acontecerão em Belém do Pará nestes dias.

Nossa Igreja é parte do que se chama de Coalizão Ecumênica que conta com a participação de organismos internacionais como o Conselho Mundial de Igrejas-CMI, Conselho Latinoamericano de Igrejas-CLAI, Conselho Nacional de Igrejas Cristãs-CONIC e agências ecumênicas internacionais.

Mais de uma centena de anglicanos – incluindo os nossos irmãos e irmãs da Diocese da Amazônia – estarão interagindo em grupos de reflexão, mesas de debate e atividades diversas em torno dos temas que serão discutidos neste mega evento da sociedade internacional.

Bispos, clérigos e leigos de várias partes do Brasil estarão irmanados a inúmeras organizações sociais e religiosas do mundo inteiro para discutirem alternativas de convivência política, econômica e social no Planeta.

A primeira grande atividade que começou ontem, 21 de janeiro, é o Fórum Mundial de Teologia e Libertação. O Fórum tem por finalidade refletir o papel da teologia na construção de um mundo socialmente justo, economicamente solidário e ambientalmente suatentável. 

No dia 27 de janeiro terá inicio o Fórum Social Mundial. Nele serão discutidas as alternativas contra a devastação do meio ambiente e a busca de alternativas políticas e econômicas que reduzam as grandes disparidades entre ricos e pobres, oportunizando a construção de um outro mundo possível.

Estaremos em Belém junto com nosso Primaz e outras lideranças da Igreja informando diariamente os principais destaques desse evento. Assim como fizemos em Lambeth durante a Conferência, tentaremos informar a evolução dos dois Fóruns e as principais atividades em que a presença de nossa Igreja e dos companheiros ecumênicos seja visível.

Belém espera receber cerca de 100 mil pessoas do mundo inteiro durante estes dias e, assim como o foi em Porto Alegre nas edições anteriores do Fórum, esperamos  sensibilizar a opinião pública para os graves desafios que se impõem na atual conjuntura da sociedade brasileira, latinoamericana e mundial.

-

Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

Secretário Geral da IEAB