O Caminho de 2008

Dispoe-te, resplandece, porque vem a luz,
e a glória do Senhor nasce sobre ti.
Isaias 60,1
E, vendo eles a estrela, alegraram-se
com grande e intenso júbilo.
Mateus 2, 10.
Veja… não diga que a canção está perdida,
tenha fé em Deus, tenha fé na vinda.
Tente outra vez.
Raul Seixas

Esses dias celebramos a Epifania de Nosso Senhor Jesus Cristo, momento de sentir e viver  a manifestação e apresentação do Jesus menino que veio trazer luz para nosso caminho.

Momento de apontar para a universalidade da salvação em Cristo, momento de aprofundar o sentimento de que como Igreja necessitamos está sempre em missão, sendo sinal de acolhimento e transformação para toda humanidade.

O Tempo da Epifania é o momento de caminhar em direção a Jesus, “tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém”.Mateus 2,1. Eles trilharam o caminho saindo do Oriente para Jerusalém. Caminho de muitas disputas e conquistas.

Temos trilhado muitos caminhos, e em 2007 muito se avançou, muito se caminhou. Acolhemos entre nós a Bispa Presidente Katharine Schori, numa caminhada pelo Brasil; Primaz e Secretário Geral participaram da Conferência anual da USPG, um caminhar de fortalecimento do companheirismo em missão; realizamos a Consulta Nacional de Diaconia, um caminhar nas ações sociais da Igreja; participamos da reunião do Conselho Executivo da Igreja Episcopal dos Estados Unidos, um caminhar histórico, depois de 25 anos o Bispo Primaz e Secretário Geral voltaram a participar desta importante reunião.

Muitos outros caminhos foram realizados em 2007 na vida da Igreja.  Caminhar é trilhar seguindo um rumo. Caminhar é uma ação que exige pôr-se em movimento.  Com certeza em alguns desses caminhos que trilhamos, erramos o caminho, mesmo tendo o endereço correto. Esse é o momento de refazermos alguns caminhos, seguindo os sinais que apontam para novos eventos e a para a história que estamos construindo juntos.

Assim em 2008 vamos trilhar novos caminhos iluminados pela luz de Cristo, com alegria e intenso júbilo. Vamos reafirmar e fazer novos caminhos vamos tentar outra vez os caminhos que erramos, porque como diz o poeta “a canção não está perdida, tenha fé em Deus, tenha fé na vida. Tente outra vez”.

No caminho de 2008, convoco a Igreja a caminhar:

Em Esperança

Com Perseverança

Na Paciência

Com Coragem

Em Sabedoria

Com muita Dedicação.

Que Cristo, Filho de Deus, ilumine o nosso caminho com as Boas Novas do seu Reino.

-

Revmo. Dom Maurício Andrade

Bispo Primaz da IEAB