Posts Mentioning RSS Toggle Comment Threads | Atalhos de teclado

  • SNIEAB 11:32 on 27/04/2007 Permalink  

    Bispos Latino-americanos terão Encontro 

    Os Bispos da IEAB estão se preparando para participarem do Encontro de Bispos da América Latina e Caribe. A iniciativa que conta com o apoio da CETALC – Comissão de Educação Teológica para América Latina e Caribe, tem por finalidade oferecer um espaço de formação e educação contínua para os bispos, visando o desenvolvimento de sua missão conjunta. 

    O encontro ocorrerá na Costa Rica, entre os dias 16 e 23 de maio e reunirá os representantes das Províncias do México, da IARCA –Igreja Anglicana da Região Centro Americana, IX província da ECUSA, Brasil, Cone Sul e das dioceses de Cuba e Ilhas Virgens.

     No encontro, os Bispos procurarão revisar suas metas comuns no contexto missionário da região, fortalecendo mutuamente sua colegialidade. As experiências das Conferências do Panamá, em 1988 e no ano passado geraram uma maior consciência da necessidade da Igreja Anglicana no continente fortalecer cada vez mais os seus laços.

    Também será um momento de partilha de experiências e espiritualidade, através do estudo e de cotidiana celebração em conjunto.

    Será muito rica e diversa a vivência da diversidade tão presente entre nossas Províncias.

    Como era de se esperar, haverá uma abordagem da presente situação da Comunhão Anglicana, com suas divisões teológicas internas e as perspectivas da próxima Conferência de Lambeth.

    O Brasil se fará representar pela maioria de seus bispos em atividade e há grande expectativa em relação aos resultados concretos que o Encontro venha a trazer para o Anglicanismo na América Latina e Caribe.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 11:35 on 16/04/2007 Permalink  

    D. Renato é sagrado Bispo da Diocese de Pelotas 

    Em bela cerimônia que lotou o santuário da Catedral do Redentor, bem como seus anexos, de onde a assistência pode assistir através de telão, foi sagrado Bispo o Rev.Renato Raatz, terceiro bispo da Diocese Anglicana de Pelotas. 

    A sagração foi o ápice de uma semana cheia de eventos na cidade de Pelotas, com a reunião da Câmara dos Bispos da IEAB e do Conselho Executivo. Nestas reuniões, os bispos e conselheiros discutiram o estado geral da Igreja e puderam perceber que os encaminhamentos de reestruturação financeira da Província começam a apresentar resultados animadores.

    A Diocese acolheu as reuniões com muita alegria e os leigos e leigas, clérigos e clérigas experimentaram, como disse o Bispo Primaz, o privilégio de serem a sede provincial durante quase uma semana.

    Além das reuniões, os bispos e membros do Conselho Executivo puderam visitar e celebrar em diversas comunidades da Diocese, partilhando momentos de comunhão plena e partilha de dons.

    A cobertura da imprensa local foi um resultado de excelente trabalho da assessoria de comunicação diocesana. O Primaz ao presidir a cerimônia de sagração de D. Renato frisou que a celebração e a alegria dos presentes representavam verdadeiras cartas vivas que atestam com muita vivacidade a instituição desse novo ministério episcopal na Diocese.

     O Secretário Geral, Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva, ao falar no encerramento da cerimônia de sagração, agradeceu o magnífico testemunho que a Igreja diocesana deu ao acolher alegremente a liderança provincial.

    A pregação de D. Naudal emocionou a todos ao lembrar a caminhada dele e de D. Renato desde os tempos de sua formação teológica. E, destacando o lema do episcopado de seu novo colega, afirmou que esta é uma atitude que se espera de todos os cristãos no exercício de seu ministério: o dar constantemente glória a Deus.

    O momento de entrega dos símbolos foi um dos mais emocionantes. Os familiares de D. Renato o vestiram com os paramentos do episcopado e expressavam uma incontida reverência diante de uma audiência tocada pela beleza da liturgia.

    Desejamos ao povo e clero da Diocese de Pelotas muitas bênçãos neste novo momento que vive e que o episcopado de D. Renato seja um sinal constante do serviço para a glória de Deus.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 11:42 on 05/04/2007 Permalink  

    Mensagem de Páscoa do Primaz 

    A partir de um artigo de Stephen Kaniitz, publicado recentemente, D. Maurício inicia sua reflexão lembrando que o sentimento de serviço na cultura brasileira está profundamente comprometido pelos quase 400 anos de escravidão, vez que o Brasil foi um dos últimos paises a livrar-se da mancha escravocrata. 

    Lembra o Primaz que a Quaresma é um tempo no qual os cristãos e cristãs são desafiados a assumir o radical compromisso de serviço que Jesus assumiu integralmente até as últimas conseqüências.

    Fugir do egoísmo é o custo básico do discipulado. E esse discipulado, exercido com integridade gera muitos dos sinais do reino de Deus. Gera transformação, esperança, compromisso com a justiça, amor e serviço ao próximo.

    Quando no Domingo de Ramos gritamos “Hosana”, já não há chances de um recuo. É preciso seguir em frente, até o fim. Mas se assumimos o seguimento de Jesus, chegaremos à manhã vitoriosa da ressurreição.

    Todas estas implicações, se realmente assumidas em humildade, transformam a nossa vida naquilo que Deus deseja para todos os seus filhos: plenitude.

    Leia o texto completo da mensagem de D. Mauricio.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
  • SNIEAB 13:51 on 04/04/2007 Permalink | Responder
    Tags: , ,   

    Igrejas e Organismos discutem Incidência 

    Com a presença do Bispo Primaz e do Secretário Geral, convidados pela CESE – Coordenadoria Ecumênica de Serviço, realizou-se entre os dias 27 e 29 de março a Consulta sobre Incidência Pública, reunindo os líderes das Igrejas e Organismos Ecumênicos latino-americanos.

    A Consulta teve por finalidade discutir o papel das Igrejas e Organismos Ecumênicos como promotoras dos direitos fundamentais dos cidadãos e cidadãs, especialmente no que diz respeito às políticas públicas.

    A questão da incidência pública tem sido construída em meio a muitas indagações a respeito do papel do Estado e de suas ações econômicas, sociais e culturais que afetam a vida de todas as pessoas. A Consulta teve um aporte bíblico-teológico que foi partilhado pelo nosso Primaz e pelo atual Presidente do CONIC, Pastor Carlos Moller, os quais enfatizaram o imperativo bíblico do profetismo, e da incidência da Igreja. Segundo D. Maurício, parafraseando o Arcebispo William Temple, “a Igreja é a única sociedade do mundo que existe para as pessoas que não são membros dela”.

    E acrescentou: “Caminhos e desafios abrem-se pelas transformações das relações sociais. Pessoas vinculam-se não só à comunidade geograficamente próxima, mas também a outras formas de comunidades: profissional, esportiva, educativa, civil, política e de modo mais marcante as comunidades virtuais. Estes também são lugares de Missão”.

    Com a chamada redução do Estado dentro das estratégias neo-liberais, o poder econômico se tornou o regulador quase absoluto da vida dos cidadãos e cidadãs, os quais necessitam explicitar de forma mais concreta seus anseios. Para tanto, se valem das organizações não–governamentais e dos movimentos sociais para pressionar os governos na direção de políticas verdadeiramente emancipatórias.

    A incidência pública das Igrejas e Organismos representa o fortalecimento da Sociedade Civil e a expansão do controle social. Representa também a possibilidade de um protagonismo político, não partidário, capaz de mobilizar a base da sociedade diante das conseqüências nefastas de políticas depredatórias do meio-ambiente e da cada vez mais excludente variável econômica.

    A Consulta foi promovida por CESE e pelo CREAS – Centro Regional Ecumênico de Assessoria e Serviço e contou com a presença de representantes da América Latina. Aliás, esta foi a quarta etapa de um processo de diálogo já realizado no Peru, Colômbia e Argentina.

    Ao final do evento, ficou evidente a necessidade de se articular concretamente uma rede latino-americana de Igrejas e Organismos na busca de um protagonismo realmente incidente sobre a dinâmica conjuntura de nosso continente.

    -

    Rev. Cônego Francisco de Assis da Silva

    Secretário Geral da IEAB

     
c
escrever um novo post
j
próximo post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
topo
l
go to login
h
show/hide help
esc
cancelar