Comunidades Locais Acolhem os Anglicanos da IX Assembléia

Ontem, pela manhã, os anglicanos que participam da IX Assembléia do Conselho Mundial de Igrejas dividiram-se em grupos e participaram das celebrações eucarísticas das comunidades anglicanas de Porto Alegre, Viamão e Nova Santa Rita.

Foi uma oportunidade dos nossos irmãos sentirem-se em casa, acolhidos pelos anglicanos brasileiros, de trocarem experiências, de orarem juntos, de estreitar laços.

Muitos dos visitantes se concentraram na Catedral da Santíssima Trindade, no centro da capital gaúcha. A celebração contou com a presença de parte da câmara dos bispos brasileira, e foi presidida pelo Primaz, Dom Orlando Oliveira. O secretário-geral da Comunhão Anglicana, Kenneth Kearon, foi o pregador.

” Em um mundo globalizado, o perigo de se tentar globalizar a fé é muito presente. Nós somos uma fé com o compromisso com toda a parte do mundo; mas uma fé que ignora as necessidades distintas dos indivíduos ou de uma comunidade, uma fé que falha em reconhecer a necessidade de falar de Deus para os fracos, vulneráveis e marginalizados, em qualquer sociedade, é uma fé que está negando suas raízes na Encarnação de Cristo”, disse Kearon.

Sobre o ecumenismo, afirmou que, devido ao fato de viajar muito por todo o mundo, tem sido testemunha de cristãos de várias tradições orando e adorando juntos. Eu vejo muitos exemplos de testemunho e ação comuns. “Eu vejo todos, independentemente de suas denominações, dando respostas para a pobreza, AIDS, violência e divisão social, e pregando conjuntamente um Evangelho de esperança, solidariedade e reconciliação em um mundo de dificuldades”.

Salientou, também, que fazem 1000 anos que os cristãos se dividiram e, se nos dermos conta de que fazem apenas 100 anos que o movimento ecumênico tem sido desenvolvido, na busca da Unidade Cristã, podermos considerar que houve um extraordinário crescimento de entendimento, respeito e confiança mútua entre aqueles que são formalmente divididos.

-

Cláudio Oliveira

Departamento de Comunicação